Após acidente assustador, italiano tem fratura leve no tornozelo

O piloto passou a noite no hospital sob observação.

Quem viu o acidente de Lorenzo Baldassarri, de 20 anos, durante o treino classificatório da Moto2, no sábado, não acredita que o italiano sofreu apenas uma "leve fratura no tornozelo direito". É isso que informa o relatório médico, após vários exames de imagem realizados no Universitair Medisch Centrum, em Groningen, na Holanda. O piloto passou a noite no hospital sob observação e agora aguarda uma nova avaliaçãao médica para saber se receberá alta ainda neste domingo.

Chefe da Clinica Mobile, que acompanha os pilotos da motovelocidade, o doutor Michele Zasa divulgou um comunicado:

"A noite foi estável em termos vitais do paciente, sem complicações. Obviamente, ele reclamou de dor devido ao acidente e as várias contusões que sofreu. Além disso, não houve dificuldades. Ontem (sábado), no final da noite, ele sofreu novas avaliações, onde descobriram uma fratura no tornozelo direito com a ajuda de um raio-x. O tratamento será definido nos próximos dias. Para esta manhã (domingo), temos de esperar a visita do médico, para ver o que será decidido, se Lorenzo será submetido a exames adicionai, se ele terá que ficar por mais horas ou mais dias no hospital para observação ou se ele receberá alta hoje."

E apesar de ter dado um susto em quem acompanhava os treinos do GP de Assen e ter passado a noite no hospital, Baldassarri não perdeu o bom humor. Logo após o acidente ele já havia postado fotos na cama do hospital, com a língua de fora, e, inclusive, recebeu uma mensagem de apoio de Fernando Alonso, bicampeão da Fórmula 1. Na manhã deste domingo, o italiano mostrou que já está recuperado e brincou com os médicos em um vídeo postado nas redes sociais da sua equipe. Na gravação, ele pede que os médicos passem logo a visita porque faltam apenas 2h para a sua corrida. Claro, Baldassarri não disputará a prova da Moto2.

O acidente

O italiano perdeu o controle da moto sozinho ao sair de uma curva no treino classificatório da Moto2, voou para frente e bateu fortemente no asfalto com a cabeça. Ainda foi atingido pela própria moto antes de parar na grama. O treino foi interrompido por cerca de 30 minutos para o atendimento médico de Baldassarri na pista. O italiano saiu de ambulância para o Hospital de Groningen.

Lorenzo Baldassarri estava a cerca de 200km/h na hora do acidente. O treino seguiu após a saída da ambulância e o ítalo-brasileiro Franco Morbidelli fez a pole. Baldassarri está em 12º lugar no atual campeonato de Moto2 com 37 pontos. O líder é o próprio Morbidelli, que soma 123. O italiano tem 76 corridas, uma vitória e três pódios na categoria ao longo da carreira. Ele estreou em 2013 no Mundial de Motovelocidade.


Fonte: Com informações do Globoesporte.com