Após chegar a final, Lanús declara luto pela morte de técnico

O Tricolor Gaúcho está com um pé e meio na decisão.

Um dia após chegar à final da Libertadores com uma vitória espetacular sobre o River Plate por 4 a 2, o Lanús está de luto. Morreu nesta quarta-feira Ramón Cabrero, técnico do primeiro título nacional do clube, em 2007.

“O Lanús lamenta profundamente o falecimento de Ramón Cabrero, técnico campeão com a nossa instituição no Apertura de 2007”, publicou o Lanús.

Cabrero tinha 69 anos e dirigiu, além do Lanús (entre 2005 e 2008), Sportivo Italiano (ARG), Deportivo Maipú (ARG), Central Córdoba (ARG), Colón (ARG), Los Andes (ARG), Dinamo Tirana (ALB) e Atlético Nacional (COL).

Lembrando que na final da Libertadores, o Lanús enfrenta o Grêmio ou o Barcelona, do Equador. O Tricolor Gaúcho está com um pé e meio na decisão, já que venceu a primeira partida por 3 a 0. A segunda partida será disputada nesta quarta, em Porto Alegre.


Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com