Após empurrão, Milton Mendes presta queixa contra Rodrigo em DP

Técnico do Vasco e zagueiro da Ponte tiveram reencontro tenso

Em um jogo de pouca inspiração, uma briga chamou mais atenção do que Ponte Preta e Vasco, no Moisés Lucarelli. Logo após o fim da partida, o zagueiro do time paulista, Rodrigo empurrou o treinador do Vasco, Milton Mendes. O técnico foi para uma delegacia de Campinas prestar queixa contra o jogador.


Rodrigo jogou no Vasco de 2014 até o término do Carioca deste ano. Com a chegada de Milton Mendes, o zagueiro perdeu espaço por conta da opção do treinador, que não tinha o defensor nos seus planos para a montagem da equipe para o Brasileirão.

O episódio ocorreu tão logo o árbitro Sandro Meira Ricci decretou o fim da partida. Os  vascaínos Paulo Vitor e Jean conversando com Rodrigo ao centro do gramado. Passado pouco tempo, Milton Mendes se aproxima e segura no braço de Jean o chamando. O zagueiro da Ponte, então, o encara e dá dois empurrões em seu ex-comandante. O treinador não reage e Rodrigo segue em direção ao técnico até empurrá-lo mais uma vez. Jean chega e separa os dois. 

"É bem o nível dele (Rodrigo). Só fui chamar meus jogadores e ele me empurrou. É uma dor de cotovelo por não estar mais no Vasco. É deprimente o nível. Eu estou tranquilo. Eu simplesmente fui chamar meus jogadores. Esquece. Já passou", disse o técnico, ao ser perguntado sobre o ocorrido.

Rodrigo tentou desconversar primeiramente, mas quando foi avisado de que o treinador utilizou um tom crítico, o defensor mudos as suas palavras.

"Foi um empurrão de amigo... (neste momento, é informado sobre a declaração de Milton). Vocês estão de brincadeira. Minha história eu já fiz no Vasco. Fui um dos maiores zagueiros-artilheiros. Tenho o maior respeito pela camisa. Ele que tem que ter um pouco mais de respeito com os jogadores que estão lá".

Fonte: O DIA - iG
logomarca do portal meionorte..com