Atacante Henrique Dourado afirma que quer deixar o Fluminense

O jogador chegou a ser sondado pelo Corinthians

A negociação por Henrique Dourado parece mudar a cada minuto. Depois da partida do Fluminense pela Florida Cup (empate com o PSV no tempo normal e derrota nos pênaltis), o atacante fez questão de abrir o jogo em entrevista aos jornalistas presentes.

"Minha vontade é sair. Sabe por que? Estão tendo algumas situações, que já falei com o presidente. Não cabe a mim ficar falando e apontando o dedo", disse.

"Eu não quero mais passar aqui o que eu passei no ano passado", completou, em frase mais forte já no fim da entrevista.

Durante a conversa, Henrique disse que tem um pensamento diferente de ex-colegas e falou em não ter interesse em entrar na justiça contra o clube. Mesmo assim, pediu em vários momentos uma resolução rápida do caso.

Henrique Dourado (Crédito: GE)
Henrique Dourado (Crédito: GE)

"Poderia tomar algumas medidas, mas não é da minha índole. Optei em ser homem e estou dando a cara. Vocês estão vendo o que aconteceu. Algumas coisas me chatearam bastante. Para as pessoas que tenho que falar, já falei. E fui bem franco. Espero que se resolva. Tenho um carinho bem grande pelo Fluminense, mas preciso colocar as coisas na balança. Vamos ver o que a diretoria resolve", disse.

Após as declarações, foi a vez de o presidente Pedro Abad e do técnico Abel Braga se explicarem. O mandatário do clube avisou que pode sim haver negócio, mas que o valor tem que ser bom para o Flu. Já o treinador avisou que não gostaria de contar com alguém que deseja sair.

Por enquanto, a negociação estava girando em torno dos R$ 8 milhões por 50% dos direitos econômicos.

Durante o dia, porém, parecia que o caso estava tomando outro rumo. Primeiro o próprio Corinthians disse estar se retirando do negócio.

Depois, o técnico Abel Braga havia tentado tranquilizar os torcedores do Fluminense, temerosos em relação à possível saída de Henrique Dourado para o Corinthians. Nesta sexta-feira, antes do início do duelo entre o time tricolor e o PSV, da Holanda, pela Florida Cup, o treinador garantiu que o atacante está em seus planos.

“Até agora as coisas estão ocorrendo da melhor maneira. Estamos seguindo o cronograma, já tínhamos definido que ele seria o capitão. Como nada acontece, a cabeça dele está boa, não há problema nenhum”, afirmou Abel Braga ao SporTV.

Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com