Atlético-MG vence o Villa nova de virada e segue na liderança

O Galo derrotou o Villa Nova de virada no Independência

Na abertura da sexta rodada do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG derrotou o Villa Nova-MG de virada por 2 a 1 no Independência. Felipe Augusto abriu o placar para o Leão do Bonfim, enquanto Fred e Otero viraram para o Galo. Fred chegou a oito gols no estadual, nove em 2017, e é o artilheiro isolado da competição. 100%, o Atlético-MG se mantém na liderança com 18 pontos, enquanto o Villa segue na nona colocação, com apenas quatro pontos.

Na próxima quarta-feira o Galo vai até a Argentina enfrentar o Godoy Cruz-ARG pela primeira rodada do Grupo 6 da Libertadores. Pelo estadual, o Atlético-MG receberá o Tupi no dia 13 de março, enquanto o Villa receberá o Uberlândia.


O Jogo

A primeira chegada na partida foi do Villa, após cobrança de falta de Jonathan Silva, em que Giovanni fez a defesa. A primeira oportunidade do Galo foi na cobrança de falta sempre venenosa de Otero e Fernando Henrique fez grande defesa. Depois, Robinho lançou Danilo que saiu na cara do gol, mas o goleiro do Leão do Bonfim fez a defesa no reflexo. Tocando a bola, o Atlético-MG buscou entrar na área adversária, mas encontrou dificuldades. Querendo a vitória, Roger tirou o jovem volante Yago e colocou Cazares aos 32 minutos.

A resposta à mudança ofensiva foi imediata: Danilo cruzou e Fred, se antecipando à defesa, tocou por cima do gol. Quando a primeira etapa se encaminhava para o empate sem gols, a zebra apareceu no Horto: após cobrança de escanteio, Lula desviou na primeira trave e Felipe Augusto completou para o gol, Villa 1 a 0. Nem deu tempo para o Leão comemorar e veio o empate. Em novo cruzamento para a área, Danilo ajeitou para o meio e Fred cabeceou para o gol, marcando seu nono gol em 2017, 1 a 1.

No segundo tempo, a primeira boa chegada foi do Galo: Otero passou por Bruno Ré aplicando um chapéu e cruzou para Danilo tocar de cabeça, mas a bola não teve a direção do gol. Cazares também levou perigo ao gol de Fernando Henrique, finalizando perto do gol. Minutos depois foi a vez de Fred tentar virar a partida, mas o atacante completou mal o bom cruzamento de Fábio Santos. Quando o Villa chegou pela primeira vez na segunda etapa, balançou a rede mas Gladstone estava em posição irregular.

Sem conseguir passar pela boa marcação da equipe visitante, o Galo passou a ter que controlar os nervos com a cera feita pelo Villa Nova no Horto. Quando conseguiu, foi fatal: Cazares e Fábio Santos tabelaram pela esquerda, e o lateral-esquerdo cruzou para Otero, livre, virar a partida. A resposta foi imediata e Osvaldir quase empatou ao cobrar falta mas Giovanni conseguiu a defesa em dois tempos. Com o resultado favorável, restou ao Galo administrar a vantagem no placar e confirmar a vitória.

Fonte: Terra