Atletico Nacional pede a entrega do título da Sul-Americana à Chape

Clube colombiano formalizou o pedido à Comenbol

Após a tragédia envolvendo o voo que levava a Chapecoense para a disputa da primeira partida da final da Copa Sul-Americana, os jogadores do Atlético Nacional, adversário na decisão, pedem para que o título da competição seja dado ao time catarinense. E o próprio clube oficializou a pedida em seu site oficial, dizendo que vai solicitar a entrega da taça ao clube brasileiro.

Em entrevista, o lateral Gilberto Garcia revelou o desejo do elenco dos atuais campeões da Libertadores da América.

"O professor nos disse para dar muito valor a vida, para que fizessemos uma reflexão, para que entedessemos isso como um aviso de Deus para seguir melhorando em nossa vida pessoal", disse Garcia. "Esperamos que a Conmebol decida. Nós queremos que declarem esta equipe como campeã. Conversamos entre nós. Não é uma decisão nossa, é do mundo do futebol. Esperamos que a Conmebol tome esta decisão", completou.

Pouco após o acidente, a Conmebol anunciou a suspensão da partida, marcada para esta quarta-feira. "

A Confederação Sul-Americana de Futebol confirma que foi notificada pelas autoridades colombianas de que o avião em que viajava a delegação da Chapecoense sofreu um acidente em sua chegada à Colômbia. Estamos em contato com as autoridades e à espera de informações oficiais. A família Conmebol lamenta enormemente o ocorrido. Todas as atividades da confederação ficam suspensas até novo aviso. O presidente Alejandro Domínguez, neste momento, está se trasferindo a Medellín", informou a entidade em nota.

Site do Atletico Nacional (Crédito: Reprodução)
Site do Atletico Nacional (Crédito: Reprodução)

O clube colombiano, através de seu Twitter, convocou a todos para comparecerem no estádio da equipe, o Atanasio Girardot, amanhã, às 18h45 (horário local), vestidos de branco e com uma vela na mão em solidariedade à tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense.

Veja a nota oficial do Atletico Nacional pedindo o título à Chapecoense

"A dor oprime completamente nossos corações e enche de luto o nosso pensamento. Tem sido horas lamentáveis nas quais temos estado consternados com uma notícia que nunca quisemos ter escutado. O acidente de nossos irmãos do futebol da Chapecoense nos marcará pela vida e desse já deixará uma marca impagável no futebol latino-americano e mundial. Tudo isso foi completamente inesperado, por essa dor. Se tratavam todos eles, futebolistas, comissão técnica, jornalistas e tripulação, de pessoas com muitos sonhos, por isso o pranto.

O lamento mundial se estende também por toda a família Verdolaga, que desde seus patrocinadores, sua junta diretiva, sua comissão técnica, seus jogadores, sua parte administrativa e sua torcida, têm manifestado a angústia o desespero pelo absurdo. A solidariedade não se fez esperar e de nossa parte acompanhamos de forma veemente a condição de todos os irmãos que nos abandonaram, quem junto a seus familiares e a nós, compartilhávamos uma ilusão de ser campeões continentais da Copa Sul-Americana.

Além de estar muito preocupados com a parte humana, pensamos no aspecto competitivo e queremos publicar este comunicado onde o Atlético Nacional pede a Conmebol que o título da Copa Sul-Americana seja entregue à Associação Chapecoense de Futebol como prêmio de honra a sua grande perda e homenagem póstuma às vítimas do fatal acidente que deixa nosso esporte de luto. De nossa parte, e para sempre, Chapecoense campeão da Copa Sul-Americana 2016".


Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com