Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Atlético-PR se molda ao jogo para ser campeão da Sul-Americana 2018

"A gente fez por merecer este título", diz Lucho González.

Compartilhe
Google Whatsapp

Da estratégia perfeita ao sufoco no fim, o Atlético-PR soube jogar a partida para conquistar seu primeiro título sul-americano. O Furacão saiu na frente do Junior Barranquilla no primeiro tempo, levou o empate no segundo e venceu por 4 a 3 nos pênaltis. Uma conquista justa e merecida.

O Atlético-PR mostrou organização exemplar no início da partida. O time atacava em bloco, defendia sem dar espaços e não deixava o Junior respirar. O gol de Pablo coroou um primeiro tempo de domínio rubro-negro. Léo Pereira ganhou no meio, Raphael Veiga tocou, e Pablo bateu rasteiro para fazer 1 a 0.

- A gente fez uma primeira parte com minutos muito bons. Depois, contamos com a questão da sorte, um pênalti que o Barrera não conseguiu marcar. Mas, por ser uma final, tem que ter esse fator sorte, mas a gente fez por merecer este título desde o primeiro momento que começamos a competir, contra o Newell's - analisou Lucho González.

 (Crédito: Albari Rosa/Gazeta do Povo)
(Crédito: Albari Rosa/Gazeta do Povo)

O Junior Barranquilla, porém, cresceu com o passar do tempo. A equipe colombiana ganhou campo antes mesmo do intervalo e conseguiu o gol aos 12 do segundo tempo. Díaz cobrou o escanteio, Gómez cabeceou, e Téo Gutiérrez desviou. O meio-campo ficou tão vulnerável que Tiago Nunes trocou Lucho González por Wellington.

Nos minutos finais e na prorrogação, o Atlético-PR contou com uma sorte de campeão para não levar a virada. O Junior desperdiçou três chances claras e mais um pênalti. O resultado levou a decisão para os pênaltis. Renan Lodi (um dos destaques durante os 90 minutos) errou, mas o Furacão venceu por 4 a 3 e sagrou-se campeão.

Assista aos melhores momentos da partida:


- Foram vários fatores ao meu ver. Teve o cansaço, que ninguém consegue manter a pressão lá em cima, né? A gente fez o gol, o cansaço bateu, e seguramos um pouco. Também tem o mérito da equipe deles, uma equipe muito boa, que acha muito passe entre as linhas. Então, não é só o nosso cansaço, tem o mérito deles também - analisou Veiga.



Campeão da Sul-Americana, o Atlético-PR terá um calendário cheio em 2019. O clube disputará um total de seis competições: Campeonato Paranaense, Copa do Brasil (a partir das oitavas de final), Brasileirão, Recopa, Copa Suruga e Libertadores.

A estreia oficial será no Paranaense, campeonato no qual o clube usará mais uma vez o time de aspirantes. O Furacão recebe o Cascavel CR no dia 19 de janeiro, um sábado, às 17h, na Arena da Baixada. O Atlético-PR vai em busca do bicampeonato estadual.

Fotos:

 (Crédito: Heuler Andrey/ AFP)
(Crédito: Heuler Andrey/ AFP)
 (Crédito: Nelson Almeida/ AFP)
(Crédito: Nelson Almeida/ AFP)
 (Crédito: Heuler Andrey/ AFP)
(Crédito: Heuler Andrey/ AFP)



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×