Atlético-PR vence Coritiba 
com gol polêmico e flerta com G-6

O primeiro tempo se desenhou com um início equilibrado.

Com pouco mais de seis mil torcedores do Atlético-PR na Vila Capanema, o Furacão não deixou escapar o resultado como mandante e venceu o Coritiba por 2 a 0, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. No estádio emprestado para o Rubro-Negro, nem uma dezena de torcedores do Alviverde. Em protesto pelo alto preço dos ingressos, o rival do Alto da Glória rejeitou a venda de entradas para a própria torcida. A festa das arquibancadas, de um só lado, foi completada pelo desempenho em campo, com um gol de Matheus Rosseto, aos 20 minutos do primeiro tempo, e um de Pablo, aos 23 da etapa complementar

O primeiro tempo se desenhou com um início equilibrado na Vila Capanema. Dos dois lados, poucas bolas de risco e com posse praticamente empatada. Aos 20 minutos, um tiro certeiro definiu a etapa. Depois de uma falha da defesa do Coritiba, Pablo recupera a bola na linha de fundo e cruza para a entrada da área. Com um rebote de Hernani, Matheus Rossetto emenda um chute indefensável. A sequência do tempo exigiu calma do Atlético-PR: o goleiro Weverton fez duas defesas difíceis quase na linha do gol. O Coritiba tentou encaixar alguns ataques e reteve mais a bola, mas não conseguiu furar o bloqueio.

Na etapa complementar, o técnico Paulo César Carpegiani arriscou na mudança de peças. Trocou Vinícius por Kazim e buscou novas alternativas para a defesa, com a entrada de Carlinhos e o remanejamento dos atletas da retranca. A efetividade foi pouca, já que o Coritiba chutou pouco a gol. O Atlético-PR conseguiu impor mais velocidade: num erro de passe de Dodô, aos 16 minutos, Hernani deu um chute na trave. Aos 23 minutos, não teve chance. Lucho Gonzalez fez um passe para Pablo dentro da área, que bateu na saída de Wilson para consolidar o placar

A vitória deixa o Furacão no G-6 da tabela. Com 48 pontos, o Atlético-PR é o 6º colocado, mas ainda depende da continuidade da rodada e dos resultados de Fluminense e Grêmio. Com a derrota, o Coritiba permanece com 37 pontos, na 13ª colocação. O Alviverde ainda pode ser ultrapassado por São Paulo e Vitória.


Fonte: Globo Esporte
logomarca do portal meionorte..com