Botafogo deve ter um único atacante contra o Colo-Colo, no Chile

A formação já foi testada pelo treinador durante a pré-temporada.

Com poucos atacantes de velocidade à disposição, o técnico Jair Ventura deve apostar em um esquema com um centroavante e dar mais liberdade para a dupla de meias Montillo e Camilo, sem abrir mão da proteção dos volantes. Embora tenha realizado um primeiro treinamento fechado em terras chilenas, a tendência é que Roger seja eleito para o duelo decisivo contra o Colo Colo, amanhã. Rodrigo Pimpão corre por fora.

A formação já foi testada pelo treinador durante a pré-temporada. O sistema 4-2-3-1 teria Airton, Bruno Silva e João Paulo na contenção, com Lindoso correndo por fora após boa atuação no Estadual, no sábado.

No apronto no campo da Universidad de Chile, o comandante fechou as portas e Camilo ficou fora da atividade, mas não preocupa. Em casa, o argentino Montillo foi o encarregado de atender jornalistas locais e projetar o duelo de amanhã.

O presidente Carlos Eduardo Baptista viajou ao Chile ontem e o clima é de apreensão na diretoria do clube. O episódio que levou ao afastamento de Sassá, além das ausências de dois dos jogadores mais caros do elenco — Jefferson e Canales —, geram apreensão nos bastidores.

Só uma classificação paraa a fase de grupos para recolocar o Botafogo nos trilhos após início de ano conturbado. E a missão estará nos pés do veterano Roger, de 32 anos, que ainda não disse a que veio na temporada. Em três jogos, o centroavante ainda não balançou a rede.


Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com