Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Boxeadora brasileira é presa suspeita de espancar e matar marido

Viviane Obenauf, de 34 anos, já lutou três vezes pelo título mundial e era casada com companheiro, de 61, desde janeiro

Compartilhe

A boxeadora brasileira Viviane Obenauf, de 34 anos, que já lutou três vezes pelo título mundial da categoria super-pena, foi presa por ser a principal suspeita de espancar marido, de 61 anos, até a morte. O homem, cujo nome é Thomas, e o sobrenome é protegido pela justiça, trocou alianças com a brasileira no dia 25 de janeiro deste ano.

A agressão e a morte teriam acontecido na residência em que dividiam. Viviane atualmente está sob custódia de investigação depois que a vítima morreu em uma "agressão violenta sustentada". A morte teria sido consequência de "ferimentos graves" causados por um objeto contundente, afirmou a polícia suíça, que também vasculhou a academia da brasileira, bem como o apartamento do casal. As informações da imprensa europeia foram compiladas pelo jornal inglês Daily Star.

A boxeadora brasileira Viviane Obenauf (Foto: Instagram)

Viviane nasceu no Rio de Janeiro e ainda jovem jogou futebol e foi ginasta olímpica antes de se dedicar ao boxe aos 18 anos. Nos ringues, venceu 14 lutas contra seis derrotas, antes de se aposentar dos ringues em 2019. Na Suíça, passou a trabalhar em hotéis até, mais tarde, abrir sua própria academia.

A boxeadora em seu casamento (Foto: reprodução Instagram)

O jornal suíço Blick revelou que a ex-boxeadora já havia sido detida uma vez, em 2016, em uma boate de Londres, depois de socar um homem no rosto porque ele tentou apalpá-la durante as comemorações de seu 30º aniversário. O incidente a levou a passar várias horas em uma cela de uma delegacia inglesa.

A vítima, dono de um restaurante em Des Alpes, em Interlaken, teve velas e flores colocadas do lado de fora da entrada de seu estabelecimento. Uma nota afixada na porta do restaurante dizendo que ele reabriria em 24 de novembro foi removida. Os gerentes ainda não podem dizer quando o restaurante será aberto novamente e os funcionários foram colocados em licença.

Boxeadora brasileira durante luta (Foto: reprodução Instagram)

Ao jornal Blick, um ex-namorado de Viviane revelou que a brasileira já o agrediu e que seu comportamento violento e explosivo: “Ela sempre teve duas faces. É como apertar um botão". O rapaz, que é halterofilista, revelou que, quando os dois namoravam, a brasileira teve um ataque de ciúmes e lhe desferiu de quatro a cinco socos no rosto. Ele fugiu para o banheiro e viu o estrago que os golpes tinham lhe feito, que incluíam um rasgo na boca que causou um grande sangramento. Os dois, que haviam bebido uma garrafa de vinho, se atracaram mais uma vez, com ele desferindo um tapa nela, que posteriormente teria ido dormir. Ele revelou também que tentou levá-la à justiça para, inclusive, acabar com sua carreira, mas que desistiu do processo após a morte de sua mãe



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar