Carro voador deve acender a pira olímpica em Tóquio 2020

Nomeado "Sky Drive" pode atingir 100km/h e 10m de altura

De quatro em quatro anos, as cidades sede dos Jogos Olímpicos preparam cerimônias de abertura que entram para a história. O momento mais esperado, sem dúvidas, é o acendimento da pira olímpica. Quem não se lembra da flecha lançada em Barcelona no ano de 1992 ou do ex-boxeador Muhammad Ali em Atlanta 1996? No Japão, não poderia ser diferente. Em Tóquio 2020 , a expectativa é de que um carro voador acenda a pira olímpica.


Batizado de "Sky Drive", o projeto do carro voador iniciado em 2012 foi desenvolvido por um grupo de jovens engenheiros, conhecidos como Cartivator. O japonês Tsubasa Nakamura e seus amigos ainda receberam financiamento de cerca de R$ 1,16 milhão para os próximos três anos e dentre os patrocinadores, está a marca automobilística Toyota.

"Até 2018 prevemos terminar um protótipo", disse Nakamura. "Queremos criar um mundo onde qualquer um possa voar no céu a qualquer momento até 2050", completou o jovem engenheiro.

A equipe Cartivator hoje é composta por 30 componentes, que trabalham duro desde 2014 para que o sonho possa se tornar realidade. "Para tornar real a nossa visão, precisamos desenvolver um carro voador capaz de decolar e pousar verticalmente, sem necessidade de faixas especiais", concluiu o idealizador do projeto.

O veículo possui 2,9 m de comprimento e 1,30 m de lagura. O Sky Drive poderá voar a cerca de 100 quilômetros por hora, a uma altura de 10 metros. De acordo com os detalhes divulgados pelo projeto, sua estrutura suporta somente um único piloto e condutor.

Recentemente, outras empresas do mundo inteiro vêm investindo em projetos para a criação de um carro voador. Em abril deste ano, uma grande empresa prestadora de serviços na área de transporte privado chegou a divulgar o interesse em sistemas futuristas até o ano de 2020.


Fonte: iG
logomarca do portal meionorte..com