Com dois a menos, Palmeiras empata com Atlético-MG

Paulistas e mineiros ficaram no empate por 1 a 1

O Palmeiras segurou, com dois jogadores a menos – Luan e Willian acabaram expulsos -, o Atlético-MG no Horto. Na tarde deste sábado, em partida marcada pela arbitragem polêmica e dois pênaltis perdidos (Fred parou em Prass, enquanto Deyverson em Victor), paulistas e mineiros ficaram no empate por 1 a 1 e desperdiçaram a chance de se aproximarem ainda mais das primeiras posições do Campeonato Brasileiro.

A igualdade segurou o avanço das duas equipes na tabela de classificação. Sem aproveitar a vantagem numérica desde a primeira etapa, o Atlético-MG subiu ligeiramente na classificação – pulou da 10ª para a 9ª colocação ao chegar aos 30 pontos após 23 jogos. O Palmeiras, por outro lado, segue na quarta colocação, com 37, um a menos do que o Santos.

O confronto no Independência se mostrou cheio de alternativas e erros. A arbitragem de Leandro Pedro Vuaden movimentou o confronto ao anotar três pênaltis – apenas Fábio Santos, autor do gol atleticano, converteu – e expulsar os dois palmeirenses. Os visitantes, mesmo com a adversidade, se sustentaram e evitaram a pressão atleticana.

As duas equipes agora contarão com uma semana de trabalho para tentarem novamente embalar no Campeonato Brasileiro. O Palmeiras retorna a campo somente na segunda-feira, dia 18, a partir das 20h (de Brasília), para enfrentar o Coritiba, no Estádio do Pacaembu. O Atlético-MG volta a campo um dia antes, às 11h, para encarar o Avaí, em Florianópolis.


Fonte: Com informações do Globoesporte.com
logomarca do portal meionorte..com