Com gol de mão, Corinthians vence o Vasco e segue líder

Com a vitória, o Corinthians aumenta vantagem na liderança

O Corinthians voltou a vencer em Itaquera e aumentou ainda mais a sua vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. Com gol de mão de Jô, a equipe paulista bateu o Vasco por 1 a 0 na tarde deste domingo (17) e abriu 10 pontos à frente do Grêmio, o 2º colocado.

O resultado ainda encerra uma série negativa dos corintianos dentro de casa: nos últimos três jogos, a equipe havia perdido duas pelo Brasileirão, contra Vitória e Atlético-GO, e empatado com o Racing, na Copa Sul-Americana.

Antes de conseguir o gol com a mão de Jô, o Corinthians já tinha dado um show de gols perdidos e tinha visto Martín Silva se candidatar ao posto de melhor do jogo. Com os três pontos, o Alvinegro agora chega aos 53, contra 43 do Grêmio e 41 do Santos. Os vascaínos, por sua vez, fica na 9ª colocação, com 31 pontos.

Jô marca com o braço em Corinthians x Vasco (Crédito: Reprodução/Premiere)
Jô marca com o braço em Corinthians x Vasco (Crédito: Reprodução/Premiere)


Faltou objetividade

O Corinthians começou o jogo dominando as ações, mas sem conseguir levar perigo à meta do Vasco. Com exceção de um chute de Rodriguinho logo aos quatro minutos, quando a bola bateu na rede pelo lado de fora os donos da casa não conseguiram assustar Martín Silva.

Vasco arrisca de fora

Como de costume, os corintianos não permitiam que seus rivais entrassem na área. A solução do Vasco foi arriscar da entrada da área e dar trabalho para Cássio. Nenê (duas vezes) e Ramón foram os que exigiram boas defesas do goleiro alvinegro.

Rodriguinho perde chance incrível. Jô reclama de pênalti

Depois de pouco incomodar Martin Silva, o Corinthians conseguiu arrancar o "uh" de sua torcida aos 44 minutos do primeiro tempo. Romero fez boa jogada pela esquerda, cruzou e achou Rodriguinho. Sozinho, o meia cabeceou para fora. Pouco antes, Jô havia recebido a bola dentro da área e foi derrubado na hora de chutar. A arbitragem não deu.

Martin Silva faz defesas espetaculares

Os donos da casa voltaram para o segundo tempo dominando ainda mais as ações de jogo. O que faltou, no entanto, foi pontaria. Em 25 minutos, o time paulista perdeu chances com Jadson, que chutou por cima, com Guilherme Arana, que chutou à esquerda do goleiro, e com Fagner, que chutou rente à trave direita.

Martín Silva ainda fez duas defesas espetaculares. Uma a queima roupa com Rodriguinho, dentro da pequena área, e outra em toque de Escudero, que quase fez gol contra e exigiu excelente reação de seu companheiro de equipe.

La Mano de Jô

Depois de tanto pressionar o Vasco em busca de seu gol e de quase ver a sua torcida perder a paciência, o Corinthians finalmente conseguiu o gol. Marquinhos Gabriel avançou pela esquerda, cruzou e achou Jô, que usou o braço para completar o cruzamento e abrir o placar.


FICHA TÉCNICA CORINTHIANS

1 X 0 VASCO

Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP) Hora: 16h (Horário de Brasília) Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO).

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO) Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO) Cartões amarelos: Romero (COR); Breno (VAS)
Público pagante: 41.235 Renda: R$ 2.436.134,70 Gol: Jô, aos 28 minutos do 2º tempo.

Renda: R$ 2.436.134,70 Gol: Jô, aos 28 minutos do 2º tempo.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Arana; Camacho e Maycon; Jadson (Marquinhos Gabriel), Rodriguinho e Romero; Jô (Kazim)

Técnico: Fábio Carille

VASCO: Martín Silva; Madson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean, Gilberto (Escudero), Nenê, Wagner e Mateus Vital; Andrés Ríos (Paulinho)

Técnico: Zé Ricardo

Fonte: Uol
logomarca do portal meionorte..com