Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Com melhor defesa, Palmeiras leva título se não sofrer gol

O Palmeiras voltou a ter a melhor defesa do Brasileirão.

Com melhor defesa, Palmeiras leva título se não sofrer gol
defesa | Reprodução
Compartilhe
Google Whatsapp

A vitória sobre o Botafogo e os empates de Santos e Flamengo deixaram o Palmeiras em situação muito favorável no Campeonato Brasileiro. Com seis pontos de diferença para o vice-líder, o Verdão confirma a conquista do torneio com mais um ponto nas duas rodadas restantes. Ou seja, o time de Cuca será campeão se não sofrer gol contra a Chapecoense, no próximo domingo, na arena palmeirense. E há muitas razões para o torcedor confiar nisso.

Com apenas um gol sofrido nas últimas três partidas, o Palmeiras voltou a ter a melhor defesa do Brasileirão – foram 31 no total, uma média de 0,86 por jogo. Mesmo com mudanças e lesões, o setor conseguiu manter seu papel de destaque durante grande parte da campanha.

A maior surpresa começa pelo gol. Após Vagner assumir a posição deixada por Fernando Prass e virar uma das vítimas do momento de maior instabilidade do Verdão no Brasileirão, Jailson assumiu a meta palmeirense e conduziu o time na última metade do torneio. Só os números já mostram a importância do arqueiro: foram 12 vitórias, cinco empates e nenhuma derrota em 17 partidas disputadas.


Na linha defensiva, Yerry Mina (11 jogos e quatro gols) e Vitor Hugo (34 jogos e quatro gols) formaram a dupla de zaga titular. Mas, com convocações e lesões do colombiano, Cuca viu necessidade de rodar o grupo.

Edu Dracena (16 jogos), que teve papel importante de liderança nos bastidores, correspondeu com atuações seguras. Thiago Martins (16 jogos e dois gols) também foi utilizado em jogos importantes, como na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, no domingo. A opção pelo defensor de 21 anos dá um respiro defensivo ao Verdão em velocidade contra ataques mais rápidos.

Nas laterais, Jean (33 jogos e seis gols) e Zé Roberto (26 jogos e um gol) foram titulares absolutos durante toda a campanha. Substitutos imediatos, Fabiano (seis jogos) e Egídio (14 jogos) cresceram de produção no segundo turno e também ajudaram a fortalecer o setor quando entraram em campo - João Pedro foi utilizado em uma partida.

Com 74 pontos, o Palmeiras ainda tem mais dois jogos no Brasileirão: Chapecoense (na arena, dia 27) e Vitória (em Salvador, dia 4 de dezembro). Para confirmar o título sem depender de outro resultado, o time de Cuca precisa de mais um ponto. Mas a conquista pode vir até em caso de derrotas, caso o Santos não vença Flamengo ou América-MG.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto