A Conmebol anunciou, nesta segunda-feira, um aumento nas premiações da Libertadores masculina e feminina e da Sul-Americana. O campeão da primeira entre os homens passa a receber 16 milhões de dólares (91,6 milhões), enquanto as mulheres ficam na casa dos 1,5 milhão de dólares (R$ 8,58 milhões). Na segunda principal competição do continente, o valor chega a 5 milhões de dólares (28,6 milhões de dólares).

Agora, a equipe campeã da Libertadores masculina pode chegar às cifras de 25,05 milhões de dólares (cerca de R$ 143,5 milhões) somando a nova premiação pelo título e as das demais fases. Nas primeiras fases da competição ficam em 400 mil dólares (R$ 2,3 milhões) na fase 1, 500 mil dólares (R$ 2,8 milhões) na fase 2 e 600 mil (R$ 3,4 milhões) dólares na fase 3.

Com reajuste, campeão da Libertadores vai faturar verdadeira “bolada”; veja - Imagem 1Os prêmios para a Recopa, que coloca frente a frente os campeões da Libertadores e da Sul-Americana, ficam em 1,6 milhão de dólares (R$ 9,16 milhões) para o vencedor e 800 mil dólares (R$ 4,5 milhões) para o vice.

"Queremos potencializar o futebol em todas as suas modalidades e nos dois gêneros. Devolvendo ao futebol o que é do futebol, recuperaremos nossa identidade. Esse é o caminho para conquistar o mundo novamente, a nivel de clubes e seleções", afirmou o presidente da confederação, Alejandro Domínguez.