O Cruzeiro passa por grave crise financeira e um dos reflexos é o movimento dos jogadores do time principal por causa no atraso no pagamento de salários. Por meio de nota, os jogadores confirmaram a paralisação em função dos valores em aberto. O próximo treinamento da equipe celeste estava marcado para tarde desta quinta-feira.

Goleiro e capitão do clube, Fábio foi um dos jogadores que comunicaram a decisão do grupo. Na postagem, o elenco classifica como "desgastante e angustiante" escrever a carta. Em um dos trechos, eles afirmam que os débitos chegaram a ter seis meses de atraso, em 2021.

Com salários atrasados, jogadores do Cruzeiro anunciam greve Com salários atrasados, jogadores do Cruzeiro anunciam greve

Os atletas demonstraram preocupação, principalmente, com todos os funcionários que atualmente são auxiliados pelos próprios jogadores. O grupo cobra uma resposta efetiva da diretoria quanto ao pagamento dos salários atrasados. Os jogadores também ressaltam que não falta empenho dentro de campo.

Apesar de a diretoria ter quitado parcialmente a folha relativa ao mês de setembro, existem outros vencimentos em aberto com os atletas. As últimas duas folhas salariais não foram acertadas, além de valores de férias, 13º salário e FGTS. Por quitar o salários de maneira parcelada, é impossível precisar quanto o clube deve a cada jogador, informou uma fonte ligada aos atletas à reportagem.