O São Paulo está muito próximo de anunciar o meio-campista colombiano Andrés Colorado como novo reforço para a temporada de 2022. As partes encaminharam um empréstimo até o final deste ano.

Colorado tem 23 anos e atuou as últimas três temporadas no Deportivo Cali-COL. Seus direitos econômicos, no entanto, pertencem ao Cortuluá-COL, clube focado em revelação de atletas.

A Gazeta Esportiva conversou com especialistas em futebol sul-americano para entender como Andrés pode ajudar o São Paulo de Rogério Ceni, que vem de quatro jogos sem derrota no Paulistão.

Andres Colorado está na mira do São Paul. (Foto: Getty Images)Andres Colorado está na mira do São Paul. (Foto: Getty Images)

Posição preferida

“Andrés Colorado é um meio-campista destro, que atua prioritariamente na faixa direita do campo, como um segundo homem de meio-campo (segundo volante). Trata-se de um jogador alinhado com o que há de mais moderno na posição, sendo um verdadeiro box-to-box (que atua de área à área)", disse Pedro Ferri, jornalista e analista.

Caio Nascimento, jornalista e analista de mercado, reforçou a visão de Pedro e acrescentou que o atleta também pode atuar como primeiro volante. "Pode ser primeiro ou segundo (volante). Tem boa relação com a bola, boa imposição física", acrescentou.

Questões ofensivas

É praticamente um consenso que a principal virtude de Colorado é o seu poder de infiltração na área adversária. Dos 10 gols marcados pelo volante em sua carreira, seis foram assim.

"Ele possui um senso de posicionamento muito aguçado. Traçando um paralelo, Colorado possui semelhanças nítidas nesse sentido com Paulinho, do Corinthians", afirmou Pedro.

"Nesses últimos anos, emprestado ao Deportivo Cali, ele fez fez sucesso sobretudo pelas infiltrações na grande área. Andrés gosta de aparecer como esse elemento surpresa", adicionou Caio.

Davi Correia, especialista em futebol sul-americano, acredita que o provável novo jogador do São Paulo pode ser classificado como "ideal" para exercer essa função e que, de fato, seus atributos ofensivos foram aperfeiçoados no Deportivo Cali, atual campeão colombiano.

Mas se engana quem enxerga em Colorado apenas um volante infiltrador, que conclui jogadas. Ele também se apresenta como um bom construtor.

"Colorado pode ser um '5' que recupera a posse e dá progressão à jogada, quebrando as linhas do adversário em velocidade", analisou Caio. Sua capacidade em distribuir passes verticais foi exaltada pelos analistas consultados.

Vale lembrar que um dos problemas do São Paulo no Paulistão é o excesso de passes horizontais, que muitas vezes geram lentidão na circulação da posse de bola e facilitam o trabalho defensivo do oponente.

Com informações Gazeta Esportiva