mais

Conmebol suspende Brasil x Argentina e decisão sobre jogo caberá à Fifa

No início da tarde, a Anvisa chegou a emitir um comunicado no qual apontou "risco sanitário grave".

A Conmebol informou, por meio de nota, na tarde de domingo, a suspensão do jogo entre Brasil e Argentina, e acrescentou que caberá à Fifa decidir o futuro do confronto. A partida, válida pelas Eliminatórias da Copa, foi suspensa pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por quebra de protocolos sanitários por quatro jogadores argentinos

A paralisação do jogo ocorreu com a bola rolando, aos seis minutos. Foi quando agentes da Anvisa e da Polícia Federal entraram em campo para retirar os atletas da Argentina do gramado da na Neo Química Arena, em São Paulo. Após a paralisação, ocorreu uma indefinição sobre a continuidade da partida. Argentinos foram para o vestiário, enquanto brasileiro permaneceram no gramado, sem notícias sobre a retomada do jogo. Em seguida, as delegações tiveram a confirmação de que o jogo seria suspenso.


Às 16h58, a Conmebol divulgou nota, em suas redes sociais, confirmando a suspensão da partida, por decisão do árbitro do jogo, e acrescentou que caberá à Fifa se posicionar sobre o que acontecerá com confronto. 

Leia a nota completa: 

"Por decisão do árbitro do jogo, o encontro organizado pela FIFA entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo foi suspenso.O árbitro e o delegado do jogo apresentarão um relatório à Comissão Disciplinar da FIFA, que determinará os próximos passos a seguir. Estes procedimentos estão em estrita conformidade com os regulamentos em vigor. As Eliminatórias para a Copa do Mundo são uma competição da FIFA. Todas as decisões relativas à organização e desenvolvimento são exclusiva responsabilidade da FIFA."

Os jogadores da Seleção Brasileira permaneceram no gramado fazendo trabalhos leves com bola e vão aproveitar o tempo para realizar um treinamento.




No início da tarde, a Anvisa chegou a emitir um comunicado no qual apontou "risco sanitário grave, e por isso orientou às autoridades em saúde locais a determinarem a imediata quarentena dos jogadores, que estão impedidos de participar de qualquer atividade e devem ser impedidos de permanecer em território brasileiro".

Anvisa e Polícia Federal invadiram o campo durante o jogo - Foto: Bruno Cassucci Anvisa e Polícia Federal invadiram o campo durante o jogo - Foto: Bruno Cassucci 

Segundo a Anvisa, os quatro jogadores declararam não ter passagem por nenhum dos quatro países com restrições nos últimos 14 dias — entre eles a Inglaterra. Os viajantes chegaram ao Brasil em voo de Caracas/Venezuela com destino a Guarulhos. Porém, notícias não oficiais chegaram à Agência dando conta de supostas declarações falsas prestadas por tais viajantes. 

A CBF intercedeu junto ao Governo Federal em apoio à Conmebol e à AFA e tinha como garantido um acordo com as autoridades, tanto que os argentinos escalaram como titulares três dos quatro que vieram da Inglaterra a menos de 14 dias: o goleiro Emiliano Martínez, o zagueiro Romero e o volante Lo Celso. 

Funcionários da Anvisa chegaram logo no início da partida - Foto: Nelson Almeida/AFPFuncionários da Anvisa chegaram logo no início da partida - Foto: Nelson Almeida/AFP

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail