O Brasil estreou com vitória na Copa do Mundo. Nesta quinta-feira, contra a Sérvia, no Lusail Stadium, em Doha, no Catar, a Seleção comandado pelo técnico Tite teve mais dificuldades de levar perigo no primeiro tempo, mas voltou melhor na etapa complementar e acabou conseguindo o triunfo por 2 a 0, graças aos dois gols de Richarlison, o Pombo, um deles uma verdadeira pintura, finalizando de voleio.

Com o resultado, o Brasil assumiu a liderança do Grupo G da Copa do Mundo, com os mesmos três pontos da Suíça, que bateu Camarões por 1 a 0, mas figurando à frente por ter um saldo de gols maior.

O Brasil volta a entrar em campo na próxima segunda-feira, às 13h (de Brasília), contra a Suíça, no Estádio 974, pela segunda rodada do Grupo G da Copa do Mundo. A Sérvia, por sua vez, enfrenta Camarões, no Al Janoub, também na segunda, às 7h. 

Richarlison brilhou e marcou os dois gols da estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo Foto: Lucas Figueiredo-CBFRicharlison brilhou e marcou os dois gols da estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo Foto: Lucas Figueiredo-CBF

O jogo

Brasil e Sérvia travaram um duelo equilibrado no início do primeiro tempo. A seleção do Leste Europeu até manteve a posse de bola por um certo tempo, mas, passados os minutos iniciais, os comandados do técnico Tite tomaram as rédeas da partida e passaram a tentar agredir o rival com mais frequência.

Brasil vence a Sérvia por 2 a 0 em sua estreia na Copa do Mundo Foto: Anne Christine-AFPBrasil vence a Sérvia por 2 a 0 em sua estreia na Copa do Mundo Foto: Anne Christine-AFP

A primeira boa chance de jogo só aconteceu aos 21 minutos, quando Casemiro decidiu arriscar de fora da área com uma bomba, forçando a defesa do goleiro sérvio em dois tempos. Pouco depois foi a vez de Thiago Silva dar um lindo passe em profundidade para Vini Jr, que saiu cara a cara com Milinkovic-Savic, mas viu o adversário chegar antes na bola, afastando o perigo com as mãos.

O Brasil seguiu pressionando a Sérvia. Aos 31, Paquetá deu passe de calcanhar para Raphinha, que, na linha de fundo, cruzou rasteiro para o meio da área, mas Thiago Silva não chegou a tempo para completar para o gol de carrinho. Pouco depois novamente Paquetá acionou Raphinha, que desta vez recebeu livre dentro da área, mas bateu fraco, facilitando a vida do goleiro sérvio.

Neymar machucou o tornozelo e foi substituido- Foto: Reprodução/EFENeymar machucou o tornozelo e foi substituido- Foto: Reprodução/EFE

Antes do intervalo, o Brasil ainda teve uma última chance de gol com Vini Jr, que recebeu um lindo lançamento de Casemiro nas costas da marcação, invadiu a área, mas, ao armar o chute, acabou sendo bloqueado pela defesa adversária.

Segundo tempo

O Brasil voltou para o segundo tempo ainda mais determinado a abrir o placar. Logo no primeiro minuto de jogo Raphinha desarmou o zagueiro, invadiu a área, mas bateu em cima do goleiro ao ficar cara a cara com ele, desperdiçando a melhor oportunidade do jogo até então. Mais tarde foi a vez de Vini Jr receber de Alex Sandro e cruzar para Neymar, que bateu de primeira, da marca do pênalti, mas mandou para fora.

A pressão da Seleção Brasileira não dava trégua. Aos 14 minutos, Alex Sandro decidiu soltar a bomba de fora da área, carimbando a trave. Mas, foi aos 17 que o gol do time canarinho, enfim, saiu. Neymar saiu costurando a marcação na entrada da área, e Vini Jr bateu cruzado. O goleiro fez a defesa, mas, no rebote, Richarlison empurrou para o fundo das redes para abrir o placar no Lusail Stadium.

E o segundo gol só não saiu pouco depois porque a sorte não esteve do lado do Brasil. Neymar puxou contra-ataque e, ao invés de tocar para Vinícius Jr, que estava livre, tentou cortar a marcação, mas o zagueiro travou. Vini Jr, porém, conseguiu ficar com a sobra, invadiu a área, mas, ao armar o chute, escorregou.

Só que esse lance não fez falta para o Brasil. Aos 29 minutos, Vini Jr acionou Richarlison dentro da área. O camisa 9 da Seleção dominou, a bola subiu e ele decidiu finalizar com um lindo voleio, marcando um golaço para ampliar o placar.

E a vitória só não foi mais elástica porque Casemiro carimbou a trave em um lindo chute colocado, buscando o ângulo. Fred, em chute de meia distância, também levou perigo, forçando boa defesa de Milinkovic-Savic, mas ficou por isso mesmo no Lusail Stadium.

O ponto negativo foi a substituição de Neymar, que deixou o gramado alegando dores no tornozelo direito. Posteriormente, no banco de reservas, o camisa 10 do Brasil foi flagrado chorando por causa do problema físico.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 2 X 0 SÉRVIA

Local: Lusail Stadium, em Doha (Catar)

Data: 24 de novembro de 2022, quinta-feira

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Alireza Faghani (Irã)

Assistentes: Mohammadreza Mansouri (Irã) e Mohammadreza Abolfazli (Irã)

VAR: Abdulla Al-Marri (Catar)

Gols: Richarlison, aos 17 e aos 29 do 2ºT (Brasil)

Cartões amarelos: Pavlovic, Gudelj, Lukic (Sérvia)

BRASIL: Alisson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Lucas Paquetá (Fred) e Neymar (Antony); Vini Jr (Rodrygo), Raphinha (Martinelli) e Richarlison (Gabriel Jesus).

Técnico: Tite.

SÉRVIA: Vanja Milinkovic-Savic; Veljkovic, Milenkovic e Pavlovic; Zivkovic (Radonjic), Lukic (Lazovic), Gudelj (Ilic), Sergej Milinkovic-Savic e Mladenovic (Vlahovic); Dusan Tadic e Mitrovic (Maksimovic).

Técnico: Dragan Stojkovic.