Se o técnico Tite tem suas peças fundamentais na seleção brasileira, parte dos jogadores convocados também não se esquecem de um personagem importante em sua preparação: o cabeleireiro Yurizinho.

Natural da Baixada Santista, o jovem de 27 anos se tornou 'parça' de grandes craques brasileiros. Ele, inclusive, é o cabeleireiro oficial do Yuri Alberto, atacante do Corinthians.

Durante a preparação da Seleção para a Copa do Catar, Yuri atendeu ao chamado e esteve presente na concentração do Brasil, em Turim, onde cortou o cabelo de jogadores como Neymar, Vini Jr, Rodrygo, Éder Militão, Bruno Guimarães, Dani Alves e Éderson. Em entrevista, ele contou como essa relação com os atletas se iniciou.

Yurizinho se tornou parça de jogadores da seleção brasileira. (Foto: Reprodução - Instagram)Yurizinho se tornou parça de jogadores da seleção brasileira. (Foto: Reprodução - Instagram)

“Devido à amizade, convivência e a confiança que eles têm no meu trabalho. Já corto o cabelo deles há tempo e agora veio o convite para cortar na Copa do Mundo. E além disso, eles dizem que sou pé quente. Vamos ver”, brincou.

Entre os principais clientes do cabeleireiro, estão Yuri Alberto e Rodrygo, os quais têm uma relação muito próxima.

Yuri também é responsável pelo look do craque Neymar. (Foto: Reprodução - Instagram)Yuri também é responsável pelo look do craque Neymar. (Foto: Reprodução - Instagram)

“Os dois são como irmãos mais novos para mim. Eles confiam em mim para tudo, assim como eu confio neles. Sou feliz em ter essa relação com eles e com suas famílias, é um sentimento muito verdadeiro. E tenho orgulho do que eles representam dentro e fora de campo”.

Yuri também não fugiu da pergunta, e revelou qual jogador é o mais exigente com o corte de cabelo.

“Pergunta difícil (risos). Todos são muito vaidosos e bem exigentes. Não digo o mais exigente, mas o mais cuidadoso com o cabelo é o Vini Jr. Ele corta praticamente de 3 em 3 dias”.

Entre todos os cortes que realizou até aqui, Yurizinho afirma que cortar o cabelo do craque Neymar foi a realização de um sonho.

"Uma pessoa que sempre sonhava em cortar era o Neymar e quando tive a primeira oportunidade, fiquei muito feliz. Mas até hoje, o dia que mais me orgulhei, foi quando cortei o cabelo da seleção brasileira pela primeira vez. Foi no começo desse ano, nas Eliminatórias para a Copa. Chorei demais quando voltei pro hotel que estava, foi um dia inesquecível", disse.