De maneira dramática, o Uruguai se despediu da Copa do Mundo nesta sexta-feira. A Celeste até venceu Gana por 2 a 0, mas o resultado não foi o suficiente, já que a Coreia do Sul venceu Portugal e ficou com a segunda vaga do Grupo H. As informações são do Gazeta Esportiva.

Dessa forma, a seleção uruguaia termina a sua campanha no Catar com quatro pontos, na terceira colocação, perdendo para os sul-coreanos no número de gols marcados. Já Gana se despede da Copa na lanterna do grupo, com três pontos.

Na liderança do grupo, Portugal avançou como líder com seis pontos. Nas oitavas, a seleção de Cristiano Ronaldo e companhia pegam o segundo colocado do Grupo G. Já a Coreia do Sul enfrenta o líder do Grupo G, que pode ser o Brasil. 

Foto: Pablo Porciuncula / AFPFoto: Pablo Porciuncula / AFP

O jogo

A partida começou travada, com muitas disputas e poucas oportunidades claras para os dois lados. Quem ficou perto de sair na frente foi a seleção de Gana. Aos 15 minutos, Kudus pegou o rebote após o chute de Jordan Ayew e caiu pedindo pênalti após o contato do goleiro Rochet. Inicialmente, a arbitragem marcou impedimento, mas após a checagem no VAR, a penalidade máxima foi assinalada.

O experiente André Ayew foi para a cobrança e tentou deslocar Rochet, mas o goleiro uruguaio esperou até a batida na bola e caiu no seu canto esquerdo para fazer a defesa.

Com o pênalti desperdiçado pelos ganeses, o Uruguai se animou e cresceu na partida. Com isso, o placar foi aberto aos 25 minutos, quando Arrascaeta aproveitou o rebote na finalização de Suárez e empurrou para o fundo do gol.

Titular pela primeira vez nesta Copa, o meia do Flamengo estava inspirado e anotou o segundo aos 30 minutos. Desta vez, ele recebeu boa bola de Suárez no lado esquerdo da área e finalizou cruzado para aumentar a vantagem uruguaia.

Uruguai bate Gana, mas se despede da Copa após vitória da Coreia do Sul - Imagem 2

Foto: Khaled Desouki/AFP

Segundo tempo

Depois do intervalo, a seleção de Gana precisou sair para buscar a virada, mas quem seguiu com mais perigo foi o Uruguai. Aos 11 minutos, Darwin Núñez dividiu com Amartey dentro da área e caiu pedindo pênalti. O árbitro chegou a ir para a cabine do VAR para revisar o lance, mas seguiu com a decisão de campo e nada marcou.

Mais tarde, aos 23 minutos, foi a vez de Valverde ficar perto de marcar, quando finalizou com veneno da entrada da área e obrigou o goleiro Zigi a fazer boa defesa.

Gana só conseguiu imprimir maior pressão já na reta final da partida. Aos 34 minutos, Kudus recebeu de Rahman Baba e finalizou no canto, mas Rochet fez grande defesa. Até então, o 2 a 0 classificava o Uruguai, mas tudo mudou quando a Coreia do Sul anotou o gol da virada contra Portugal.

Assim, os minutos finais foram de emoção no Estádio Al-Janoub. Os uruguaios se lançaram ao ataque para buscar o terceiro gol, que garantiria a classificação para as oitavas de final. Aos 48 minutos, os sul-americanos tiveram a melhor oportunidade, com novo chute perigoso de Valverde, mas Zigi caiu para fazer outra grande defesa. Gana ainda quase diminuiu o placar no minuto seguinte, mas Rochet defendeu.

A última oportunidade uruguaia foi em cobrança de falta no último minuto, mas Zigi fez defesa segura no chute de De La Cruz e garantiu a eliminação da Celeste.