Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Corinthians anuncia desistência da contratação de Juninho

A repercussão da torcida reverteu o rumo da contratação do atleta

Corinthians anuncia desistência da contratação de Juninho
DIVULGAÇÃO | Divulgação
Compartilhe
Google Whatsapp

Nesta quinta-feira, o Corinthians anunciou, por meio de comunicado oficial em seu site, que desistiu de contratar o atacante Juninho. De acordo com a declaração assinada pelo presidente Andrés Sanchez, a decisão vem após o clube considerar “as inúmeras manifestações de torcedoras e torcedores contrários à eventual contratação” do atleta de 19 anos.

O Timão ainda afirmou que “momento exige que o congraçamento de mentes em torno da causa feminista se sobreponha a quaisquer outras considerações”. O Alvinegro ainda informou que sabia dos problemas judiciais de Juninho e que acreditava que “um jovem devidamente orientado teria condições de mudar de banda”.

O Corinthians iria contratar o jovem atacante por empréstimo até o final da temporada de 2019 e o negócio estava praticamente sacramentado. No entanto, a repercussão da torcida reverteu o rumo da contratação do atleta, que pertence ao Sport.

Juninho estava emprestado ao Ceará e iria para o Corinthians (Crédito: Fernando Ferreira/Ceará)
Juninho estava emprestado ao Ceará e iria para o Corinthians (Crédito: Fernando Ferreira/Ceará)


o comunicado oficial:

Ao entabular negociações com o atleta Juninho, o Corinthians visava não só atrair um promissor talento futebolístico, mas também encetar um processo de ressocialização dele. Sabedor de antecedentes desabonadores no seu passado, acreditamos que um jovem devidamente orientado teria condições de mudar de banda e, em vez de frequentar o grupo dos que tratam como corriqueira a agressão à mulher, pudesse se tornar um exemplo de evolução moral.

Ou seja, o episódio deveria representar um passo avante naquela que é bandeira sagrada do Timão: lutar contra qualquer forma de discriminação, abominar a violência, aliar-se aos mais fracos. Entretanto, considerando as inúmeras manifestações de torcedoras e torcedores contrários à eventual contratação de Juninho, informamos que ele não fará parte de nosso quadro de funcionários. O momento exige que o congraçamento de mentes em torno da causa feminista se sobreponha a quaisquer outras considerações.

Ademais, estaremos aumentando a importância do enfrentamento pelo Corinthians de um tema sensível como esse em um ambiente sabidamente machista como o futebol. Atuaremos no sentido de difundir por todas as instâncias do Clube essa doutrina para evitar ocorrências como essa e formaremos parcerias com instituições que também cuidem da ressocialização dos agressores homens para que a violência contra a mulher acabe no Brasil”.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto