Corinthians vence Vitória na Bahia pelo Campeonato Brasileiro

Com seu gol, Jô foi mais uma vez decisivo para o Corinthians.

Uma mudança do técnico Fábio Carille aos 26 minutos do segundo tempo fez a diferença no duelo entre Vitória e Corinthians deste domingo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, na Fonte Nova. Com assistência de Marquinhos Gabriel, a grande aposta do treinador, Jô marcou o gol da primeira vitória alvinegra na competição, por 1 a 0, e desequilibrou o duelo entre os atuais campeões estaduais da Bahia e de São Paulo.

Jô, que até então somava participações em gols nos últimos três jogos do Corinthians como visitante, vinha desde o início tentando manter os números: em lance aos 33 minutos do primeiro tempo, ele recebeu lançamento de Guilherme Arana, cortou a marcação e bateu para boa defesa de Fernando Miguel, que ainda deu rebote não aproveitado por Romero e Rodriguinho. Na sequência, Paulinho tentou puxar um contra-ataque para o Vitória, mas não teve sorte.

O Corinthians passou todo o primeiro tempo com mais posse de bola, mas sem agressividade e qualidade nos momentos em que aproximava a bola da área. Enquanto o Vitória buscava travar as jogadas ofensivas na origem, dos pés de Jadson e Rodriguinho, e desperdiçava contra-ataques originados dos desarmes, o Corinthians via seus protagonistas com pouca participação no jogo. O time era seguro, mas a circulação de bola não deu resultado. Deu sono.

No segundo tempo, o time do técnico Fábio Carille continuou melhor que o de Petkovic. Teve gol impedido marcado por Maycon, teve chance perigosa de Jadson em cobrança de falta, teve cruzamento de Rodriguinho que quase fez Maycon abrir o placar e, finalmente, teve gol. Aos 30 minutos, Marquinhos Gabriel roubou bola na intermediária, tabelou com Jadson e serviu Jô, que entrava pela esquerda da área e chutou rasteiro, no meio das pernas de Fernando Miguel. Mérito à ousadia de Fábio Carille, que havia acionado Marquinhos na vaga de Maycon apenas quatro minutos antes.

Apesar da frequência de contra-ataques ter aumentado significativamente depois do gol marcado pelo Corinthians, o Vitória não conseguiu produzir nos minutos finais aquilo que já não havia conseguido desde o início. A sorte do Corinthians foi ter a inspiração de Jô e o dedo de seu comandante.

Para reagir, o Vitória recebe o Coritiba no próximo sábado, às 21h, de volta ao Barradão, pela terceira rodada do Brasileiro. Já o Corinthians vai a Goiânia no dia seguinte, às 16h, buscar nova vitória fora de casa, desta vez contra o Atlético-GO.

Fonte: Terra