Coritiba deve oferecer R$ 300 mil por mês a Ronaldinho Gaúcho

Jogador ainda receberá "mimos" do clube paranaense

O Coritiba tem reunião marcada na tarde desta terça-feira (17), no Rio de Janeiro, para discutir a contratação de Ronaldinho Gaúcho.

Representado pelo presidente Rogério Bacellar e pelo vice de relações internacionais Juliano Belletti, o clube se encontrará com o irmão e empresário do craque, Roberto de Assis, para encaminhar o assunto. Na bagagem, a diretoria coxa-branca oferecerá R$ 300 mil mensais em salário fixo, metas para alavancar seus vencimentos e ainda mimos como passagens para Porto Alegre.

A cúpula do time está otimista em um possível acerto. O formato da proposta não é diferente do que Ronaldinho tinha no Atlético-MG, por exemplo. Uma conversa preliminar entre as partes aconteceu nos últimos dias através de intermédio de Belletti.

Ronaldinho Gaúcho (Crédito: Reprodução)
Ronaldinho Gaúcho (Crédito: Reprodução)

O ex-comentarista e também lateral foi anunciado no último mês de dezembro com um salário de cerca de R$ 100 mil mensais e a tarefa de atrair um nome de peso para mudar a realidade no Couto Pereira. Existe descontentamento com as cifras atuais recebidas no mercado.

Ele fatura R$ 6 milhões em patrocínio com a Caixa Econômica Federal e teve uma proposta recente de R$ 1 milhão da TV Globo pela TV aberta no estadual.

O objetivo é fazer com que Ronaldinho se mantenha motivado e impulsione o seu salário a partir de metas em campo e também fora dele, com o aumento no número de sócios-torcedores, venda de ingressos e também camisetas.



Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com