Coritiba fica no empate com o Atlético-PR e levanta a taça

Coritiba confirma a vitória de 3 a 0 no primeiro jogo

Com a boa vantagem do primeiro jogo, o Coritiba começou a partida controlando a bola e levou mais perigo. Aos oito minutos, Kleber chutou da entrada da área e mandou por cima. Aos 34 minutos, quando Kleber ficou mano a mano com Weverton e tocou para Anderson, que chutou em cima da marcação. O Atlético-PR chegou timidamente ao ataque, e a melhor chance veio só aos 45 minutos. Rossetto cobrou falta, mandou direto e quase encobriu Wilson, que se esticou muito para fazer a defesa.

Precisando de três gols, o Furacão foi para cima no segundo tempo. Aos 12 minutos, Wanderson desviou após cobrança de falta, e Wilson evitou que a bola chegasse para o atacante Grafite.  O Coritiba se fechou, e o Atlético-PR não conseguiu superar a marcação adversária. A última boa chance foi aos 32, João Pedro cobrou falta e obrigou Wilson a fazer boa defesa. O Alviverde ainda ficou perto de abrir o placar nos minutos finais, parando em Weverton em duas oportunidades. No fim, festa do Coritiba, campeão paranaense de 2017.

O Coritiba passa à frente do Atlético-PR na disputa de Atletibas em finais do Paranaense. Até esse ano, os dois tinha oito para cada lado em 16 disputas. Agora, o Coritiba tem nove títulos. O Atlético-PR levou a melhor em um clássico decisivo nos anos de 1943, 45, 83, 90, 98, 2000, 2005 e 2016. Já o Coritiba superou o rival na finalíssima nas edições de 1941, 68, 72, 78, 2004, 2009, 2012 e 2013.

Com um placar de 3 a 0 no primeiro jogo, o Coritiba entrou no Couto Pereira com a mão na taça e também uma orientação bem clara de evitar que o Atlético-PR tivesse alguma esperança. Bem fechado, organizado e com Kleber e Anderson aproveitando chances na frente, o Alviverde segurou o jogo todo até o grito de "é campeão" estourar nas arquibancadas e dentro do gramado. Depois de três anos sem levantar a taça - perdendo duas finais -, o torcedor alviverde comemora o 38º título.

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Globoesporte.com