Coutinho será o 39º brasileiro a ir para o Barcelona; veja todos

Da lista, 11 sequer atuaram ou jogaram apenas em amistosos.

Quando vestir a camisa do Barcelona pela primeira vez, Philippe Coutinho seguirá uma dinastia que dura desde 1931. Foi quando o ex-volante do Vasco, Flamengo e Bangu, Fausto dos Santos, jogou pelo time catalão e deu início à forte ligação da equipe com o futebol brasileiro. Fausto foi o primeiro, mas jogou apenas amistosos. Coutinho será o 39º jogador* brasileiro a colocar as cores azul e grená. E deve ser o 28º a entrar em campo em partidas oficiais*.

Desde o período entre a saída do zagueiro Aloísio, em 1990, e a chegada de Romário, em 1993, não houve uma temporada sem que o Barcelona tivesse brasileiros em seu elenco. O tetracampeão mundial em 1994 iniciou uma sequência de trajetórias de sucesso. Ele, que 39 gols em 66 partidas no clube, foi seguido por Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho e Neymar, entre os destaques no ataque. Antes, o principal nome havia sido Evaristo de Macedo, que jogou no Barça entre 1956 e 1962.

Evaristo é o maior brasileiro artilheiro do time catalão, se contados os gols marcados também em amistosos e jogos não oficiais, com 178 gols. Em partidas oficiais, o ex-atacante fez 105 gols, mesmo número de Neymar e atrás de Rivaldo, que marcou 130. Daniel Alves é o brasileiro com mais partidas pela equipe. O atual lateral do PSG entrou em campo 391 vezes por torneios oficiais com o Barcelona.

Outro ídolo do clube, Ronaldinho fez 95 gols em 210 jogos de 2003 a 2008. Companheiro do ex-camisa 10, o lateral Belletti atuou em 107 partidas e marcou apenas um gol. Mas foi um dos gols mais importantes da história do Barça: o da vitória sobre o Arsenal na final da Liga dos Campeões da Europa em 2006.

Por outro lado, há quem tenha sido contratado pelo Barcelona e sequer entrado em campo. É o caso do atacante Keirrison. Os catalães levou o ex-atacante do Palmeiras por 14 milhões de euros. E ele nunca jogou uma partida. Nem amistosa. O zagueiro Henrique, ex-Fluminense e acertado com o Corinthians, também foi contratado pelo Barça e não atuou oficialmente. Em 2009, o time espanhol pagou 10 milhões de euros pelo defensor, que só jogou cinco amistosos na equipe.

Há outros ainda com forte ligação com o Brasil, mas que não entraram na lista. É o caso de Thiago Alcântara, filho do tetracampeão Mazinho. Nascido na Itália e com dupla cidadania, optou por defender a seleção espanhola e, por isso, ficou fora da contagem. Há também o exemplo de Deco, que chegou ao Barça após se naturalizar português - diferentemente de Thiago Motta que "virou" italiano só depois de deixar o clube (e assim entrou na lista).

Jogadores que aturam em jogos oficiais
    1.    Da Silva: atacante, jogou 3 partidas oficiais e marcou um gol em 1948
    2.    Evaristo: atacante, jogou 151 partidas oficiais e marcou 105 gols entre 1956 e 1962
    3.    Marinho: zagueiro, jogou 29 partidas oficiais e marcou quatro gols entre 1974 e 1976
    4.    Bio (William Sílvio Modesto Veríssimo): atacante, jogou 10 partidas oficiais e marcou três gols entre 1977 e 1979
    5.    Roberto Dinamite: atacante, jogou 11 partidas oficiais e marcou três gols em 1980
    6.    Aloísio: zagueiro, jogou 68 partidas oficiais, não marcou gols, entre 1988 e 1990
    7.    Romário: atacante, jogou 66 partidas oficiais e marcou 39 gols, entre 1993 e 1995
    8.    Ronaldo: atacante, jogou 49 partidas oficiais e marcou 47 gols, entre 1996 e 1997
    9.    Giovanni: meia-atacante, jogou 109 partidas oficiais e marcou 35 gols, entre 1996 e 1999
    10.    Sony Anderson: atacante, jogou 101 partidas oficiais e marcou 23 gols entre 1997 e 1999
    11.    Rivaldo: meia, jogou 235 partidas oficiais e marcou 130 gols entre 1997 e 2002
    12.    Thiago Motta (naturalizou-se italiano em 2011): volante, jogou 157 partidas oficiais e marcou 11 gols entre 1999 e 2008
    13.    Fábio Rochemback: volante, jogou 71 partidas oficiais e marcou cinco gols entre 2001 e 2003
    14.    Marcelo: zagueiro, jogou duas partidas da Copa Catalunya em 2001, não marcou gols
    15.    Geovanni: meia-atacante, jogou 45 partidas oficiais e marcou três gols, entre 2001 e 2003
    16.    Ronaldinho: meia-atacante, jogou 210 partidas oficiais e marcou 95 gols entre 2003 e 2008
    17.    Belletti: lateral-direito, jogou 107 partidas oficiais e marcou um gol (o da vitória em cima do Arsenal, na final da Liga dos Campeões de 2006) entre 2004 e 2008
    18.    Sylvinho: lateral-esquerdo, jogou 133 partidas oficiais e marcou quatro gols entre 2004 e 2009
    19.    Edmílson: zagueiro/volante, jogou 99 partidas oficias, não marcou gols, entre 2004 e 2008
    20.    Daniel Alves: lateral-direito, jogou 391 partidas oficiais e marcou 21 gols, entre 2008 e 2016
    21.    Maxwell: lateral-esquerdo, jogou 90 partidas oficiais e marcou dois gols, entre 2009 e 2012
    22.    Adriano: lateral-direito, jogou 189 partidas oficiais e marcou 17 gols, entre 2010 e 2016
    23.    Rafinha Alcântara: meio-campista, jogou 78 partidas oficiais e marcou 11 gols, eentre 2011 e 2017
    24.    Neymar: atacante, jogou 186 partidas oficiais e marcou 105 gols, entre 2013 e 2017
    25.    Douglas: lateral-direito, jogou oito partidas oficiais, não marcou gols, entre 2014 e 2016
    26.    Marlon: zagueiro, jogou três partidas oficiais, não marcou gols, em 2017
    27.    Paulinho: volante, jogou 23 partidas oficiais e marcou seis gols, a partir de 2017


Fonte: Com informações do Globo Esporte
logomarca do portal meionorte..com