Da festa à dor: a história da última foto da Chapecoense em campo

Registro foi feito depois da vitória do Palmeiras sobre a Chape

Há exatamente uma semana, a Chapecoense fazia seu último jogo: com um time misto, poupando-se para a final da Copa Sul-Americana, derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, em São Paulo, na partida que marcou a conquista do título brasileiro para o clube paulista.

Em meio a um clima de festa palmeirense, os jogadores que não atuaram naquela partida (ou entraram no segundo tempo) voltaram ao gramado para fazer um trabalho físico com o preparador Anderson Paixão. Estavam lá os laterais Dener e Caramelo, os zagueiros Neto e Thiego, o volante Josimar e os atacantes Canela, Kempes e Ananias.

Image title

Foi quando o repórter fotográfico Marcos Ribolli, do GloboEsporte.com, fez o registro da última foto daqueles jogadores num campo de futebol:

– Eu estava atrás de uma placa de publicidade, mandando meu material (pelo computador), quando vi os jogadores correndo. Aquilo me chamou a atenção, porque tinha acabado de acabar a festa do Palmeiras, já tinha ido quase todo mundo embora, inclusive meus colegas (fotógrafos). Peguei minha câmera e esperei eles virem correndo na minha direção – conta Ribolli.

– Como eu já conhecia o Neto, dos tempos de Guarani e Santos, falei pra ele: "A próxima festa vai ser de vocês". Ele olhou pra mim e abriu um baita sorrisão. Infelizmente, não deu... fico arrepiado cada vez que eu lembro daquilo – completa o fotógrafo.

A festa acabou não acontecendo. O avião que levava a delegação da Chapecoense e mais 21 jornalistas caiu a poucos quilômetros de Medellín, na Colômbia, às vésperas da final da Sul-Americana contra o Atlético Nacional. Do grupo fotografado por Ribolli, só Neto sobreviveu.

Fonte: Com informações do Globoesporte.com
logomarca do portal meionorte..com