Desembargador acolhe pedido e Fla-Flu terá torcida

Partida acontecerá no Engenhão, no domingo.

O desembargador Gilberto Clóvis Farias Matos, da 15ª Câmara Cível, acolheu nesta sexta-feira (3) o pedido de efeito suspensivo dos clubes e da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) para a realização da final da Taça Guanabara com torcida mista. Assim, Flamengo e Fluminense disputarão o clássico com a presença dos seus torcedores no domingo (5), às 16h (de Brasília), no Engenhão.

A autorização da Polícia Militar para a presença de torcida mista foi o ponto central da argumentação da dupla Fla-Flu e da Ferj. Deu resultado. Agora, os envolvidos correm para disponibilizar os ingressos aos torcedores.

O Engenhão vai receber as torcidas de Flamengo e Fluminense na final da Taça Guanabara (Crédito: Reprodução)
O Engenhão vai receber as torcidas de Flamengo e Fluminense na final da Taça Guanabara (Crédito: Reprodução)

A opção de realizar o jogo com portões fechados chegou a ser cogitada pelos clubes e foi usada como forma de precaução. O TJD-RJ (Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro) chegou a acatar o pedido através do presidente Marcelo Jucá.

Com a decisão do tribunal, a possibilidade de jogar a final com torcida única do Fluminense - mandante sorteado - está descartada. Prevaleceu a união dos clubes, que mantiveram posição firme durante todo o tempo e se uniram contra a quebra de tradição no Rio de Janeiro.

Na última quinta-feira (2), o juiz Guilherme Schilling, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos, havia decidido pela manutenção da liminar que determinava torcida única em clássicos realizados no Estado. Os representantes dos quatro grandes clubes e da Ferj estiveram reunidos no Tribunal de Justiça.

Fonte: Com informações do Uol
logomarca do portal meionorte..com