Em último ano de contrato, Kaká é sondado pelo Coritiba e diz "não"

Clube paranaense tem esperanças de contar com Ronaldinho Gaúcho

No último ano de contrato com o Orlando City, o meia-atacante Kaká foi sondado pelo Coritiba, mas recusou a oferta.A consulta foi pela novo vice-presidente de relações internacionais do clube, Juliano Belletti, que atuou ao seu lado na seleção brasileira ao longo de sua carreira.

O ex-lateral assumiu o cargo no último mês de dezembro e tem como principal desafio aumentar a receita alviverde. Para isso, estabeleceu como estratégia trazer um grande nome que atraia mais empresas e também sócios-torcedores.

A diretoria coxa-branca está insatisfeita com os valores que recebem atualmente. O clube fatura R$ 6 milhões com a Caixa Econômica Federal e recebeu uma proposta de R$ 1 milhão da TV Globo pela TV aberta no estadual.

Kaká recebeu consulta do Coritiba e, a princípio, descartou a possibilidade (Crédito: Reprodução)
Kaká recebeu consulta do Coritiba e, a princípio, descartou a possibilidade (Crédito: Reprodução)

Existe o risco de seus jogos no campeonato ficarem de fora da televisão.

"O Kaká foi sondado pelo Belletti, escutou o que temos a oferecer, mas nos disse que pretende cumprir mais de um ano de contrato no Orlando", confirmou o vice-presidente Alceni Guerra.

Sem o meia de 34 anos, foi elaborada uma lista com outros nomes para desembarcar no Couto Pereira em 2017. A princípio, os requisitos principais são a simpatia e ser fluente no idioma português.

Ronaldinho Gaúcho, no entanto, é um dos favoritos e, segundo discutido internamente, está dentro do que o Coritiba pretende pagar. É possível que as conversas avancem nas próximas semanas.

"Ele faria parte de uma estratégia importante. Queremos valorizar a nossa camisa, estamos absolutamente insatisfeitos com as cifras que recebemos e estamos atrás de um patrocinador de peso, atrairmos interesse do exterior, vender mais camisas, ingressos e também trazer sócios", afirmou Guerra.

"O Belletti, então, está atrás desse grande craque para viabilizar esse negócio. Um dos cinco que trabalhamos é o Ronaldinho, cujo valores iniciais são possíveis de serem pagos e estamos estudando", concluiu.




Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com