O ex-jogador do Manchester City, Benjamin Mendy, acusado de oito estupros e uma agressão sexual, começa a ser julgado oficialmente nesta quarta-feira (10), em Chester (Inglaterra), com uma probabilidade muito elevada de tomar uma pena exemplar.

Com o número de denúncias e denunciantes aumentando nos últimos meses, desde que o atleta entrou em prisão preventiva há um ano, Mendy, que se sagrou campeão mundial com seu país, pode ser condenado à prisão perpétua.

Ex-jogador do Man City, preso por estupro, pode pegar prisão perpétua (Foto: Divulgação)Ex-jogador do Man City, preso por estupro, pode pegar prisão perpétua (Foto: Divulgação)De acordo com a imprensa inglesa, há também outra possibilidade, dependendo do trabalho da defesa, do jogador ter uma pena entre 5 e 20 anos.

“Eu diria que se ele fosse considerado culpado de tudo após um julgamento, ele provavelmente receberia uma sentença de prisão de dois dígitos, mas isso é altamente especulativo”, disse o advogado inglês Richard Furlong à RMC Sport.

Em outras palavras, Benjamin Mendy passaria pelo menos os próximos dez anos de sua vida atrás das grades.

Segundo o advogado, a justiça inglesa aplica um acúmulo de penas e pune severamente o estupro e a agressão sexual. “A sentença total deve ser proporcional. O fato de alguém ter cometido oito crimes será usado para aumentar a pena total em 10 anos dentro da faixa do crime, e talvez fora da faixa. Portanto, para oito crimes, a pena pode aumentar para 13 ou 14 anos”, comenta Furlong.

Fonte: Portal IG