Felipão anuncia que não irá renovar com clube Chinês

Retorno ao Brasil, no entanto, é pouco provável

Na última segunda-feira (16), o técnico Luiz Felipe Scolari avisou à diretoria do Guangzhou Evergrande que não pretende renovar o seu contrato com o clube. O acordo se encerra em 30 novembro. 

Livre em 2018, Felipão não deve retornar ao Brasil e seu destino pode ser novamente o futebol europeu. Seus familiares têm preferência por continuar vivendo no exterior. Seu destino pode ser o futebol europeu, mas há outras duas possibilidades: continuar na Ásia (outro clube chinês mesmo não está descartado), ou até mesmo comandar uma seleção na Copa do Mundo de 2018,  sempre há alterações no começo do ano em que o Mundial é disputado. 

Felipão (Crédito: Reprodução)
Felipão (Crédito: Reprodução)

O último trabalho do treinador no Brasil foi no Grêmio entre 2014 e 2015. Antes, Felipão esteve a frente da seleção brasileira na Copa do Mundo e  acabou sendo eliminado para a Alemanha, no fatídico 7 a 1 no Mineirão. Em 2002, foi campeão do mundo na Copa do Japão e da Coreia, última taça da seleção.

Na China, a equipe comandada por Felipão é a líder do campeonato nacional e caminha para conquistar o seu terceiro título consecutivo. 

Fonte: Com informações do Uol
logomarca do portal meionorte..com