Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Figueira vence o Vasco por 2 a 1 em Florianópolis

Com o resultado, o time permaneceu com dez pontos

Compartilhe

O Figueirense aproveitou o mando de campo e derrotou o Vasco por 2 a 1, no Orlando Scarpelli, em Florian?polis, mantendo a sua invencibilidade dentro de casa neste Campeonato Brasileiro. Com a presen?a do presidente Roberto Dinamite no est?dio e ? volta da camisa 11, utilizada por Leandro Amaral, o time da Colina errou duas vezes em seu setor defensivo e foi castigado com dois gols de Cleiton Xavier. Rodrigo Ant?nio marcou para os cariocas.

Com o resultado, o time da Colina permaneceu com dez pontos. Os catarinenses passaram ultrapassaram os cariocas e chegaram aos 12. Na pr?xima rodada, o Figueirense vai pegar o Palmeiras, em S?o Paulo. O Vasco tem pela frente o Sport, em S?o Janu?rio. As duas partidas v?o ser na pr?xima quinta-feira.

Tiago salva o Vasco no primeiro tempo

O primeiro lance de destaque da partida aconteceu aos cinco minutos. Ap?s um lan?amento em profundidade, Tiago se antecipou ao atacante Tadeu e saiu jogando. Na seq??ncia do lance, deu um drible desconcertante em Edu Salles para posteriormente dar um chut?o para o ataque.

Com poucas oportunidades de gol, o in?cio da partida foi marcado por muita correria de ambos os lados. S? aos 19 minutos, uma chance clara de gol. Morais tabelou com Edmundo, que tocou para Leandro Amaral dentro da ?rea. O atacante dominou e tocou na sa?da do goleiro, a bola caprichosamente bateu na trave do goleiro Wilson, que ficou apenas olhando.

Sob o olhar do presidente Roberto Dinamite, o Vasco parecia mais pr?ximo do gol. Aos 21, mais uma oportunidade para os cariocas. Edmundo cobrou falta na cabe?a de V?lson, que tocou para Leandro Amaral dentro da ?rea. O atacante ajeitou para Jean, travado na hora do chute. Dois minutos depois, Tadeu passou por V?lson e chutou para boa defesa de Tiago.

Aos 25, Tiago fez um milagre. Em cobran?a de falta de Cleiton Xavier, o goleiro fez uma bel?ssima defesa e na sobra tirou com o p? no momento em que Tadeu colocaria a bola para dentro da rede do Vasco. Dois minutos, o time da Colina assustou novamente. Ap?s escanteio, a bola sobrou para Leandro Amaral dentro da ?rea. O jogador chutou forte e a bola desviou na zaga.

Aos 35, em uma falha de posicionamento da defesa vasca?na, Tadeu entrou livre na grande ?rea e foi derrubado por Tiago, p?nalti para o Figueira. Na cobran?a, Cleiton Xavier bateu mal e o goleiro cruzmaltino fez a defesa com tranq?ilidade. Aos 44 minutos, o Vasco abriu o marcador. Morais cobrou falta da direita, a bola sobrou para Leandro Amaral, que acertou novamente a trave do Figueira. Na sobra, Rodrigo Ant?nio abriu o marcador para os cariocas.

Cleiton Xavier marca duas vezes e d? vit?ria ao Figueira

O Figueirense voltou para etapa final disposto a empatar o jogo, mas o Vasco come?ou um pouco melhor, tendo uma maior posse de bola e assustando em cobran?as de falta. Por?m, aos cinco minutos, os catarinenses tiveram uma chance de ouro com Bruno Aguiar. Ap?s cobran?a de escanteio, o zagueiro cabeceou e o goleiro Tiago voltou a salvar o time carioca.

Aos 13, Diogo chegou ? linha de fundo e cruzou para Ricardinho, que acabara de entrar. O atacante recebeu dentro da ?rea, sozinho, e chutou para fora. O jogo seguiu movimentado, com bons lances para ambos os lados. Quatro minutos depois, o Vasco foi quem assustou. Leandro Amaral tocou para Edmundo dentro da ?rea. O Animal foi travado e a bola sobrou para Morais. O meia colocou por cima do goleiro Wilson, que fez uma linda defesa.

O Figueira seguiu tentando o empate. Aos 19, ap?s cobran?a de escanteio, Tiago se antecipou ao zagueiro Bruno Aguiar e salvou novamente o Vasco. Aos 28, Edmundo cobrou falta da intermedi?ria e acertou uma bomba no travess?o de Wilson, que chegou atrasado na bola. No minuto seguinte, o Animal recebeu dentro da ?rea e foi solado pelo advers?rio. Jogada perigosa dentro da ?rea do time catarinense. O camisa 10 cobrou em cima da barreira.

No entanto, o Figueira chegou ao empate aos 32 minutos. Ap?s cobran?a de falta de Rodrig


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar