Flamengo e Palmeiras fazem duelo dos ‘novos ricos’ do futebol

Os dois clubes se enfrentam às 21h45, na Ilha do Urubu

O Flamengo nunca gastou tanto com futebol como em 2017. O Rubro-Negro pagará R$ 58 milhões pelos atletas que formam o elenco de 2017. O valor é maior do que a soma do investimento feito nos últimos quatro anos pela atual gestão. Só não ultrapassa o Palmeiras, adversário desta quarta, que supera R$ 100 milhões em aquisições de reforços na temporada. Fora o total investido, o Flamengo ainda tem gastos anuais altos em luvas para os principais atletas — Guerrero, Diego e Éverton Ribeiro.

Os dois clubes, que se enfrentam às 21h45, na Ilha do Urubu, prometeram polarizar o Brasileiro depois da disputa no ano passado, que terminou melhor para os paulistas, com o título. Contudo, estarão em campo duas equipes em recuperação e buscando a formação ideal durante o campeonato — o Flamengo, em quarto, com 24 pontos, e o Palmeiras em quinto, com 22.


Image title

Fora de campo, o milagre econômico espera que o desempenho esportivo acompanhe. No Flamengo, foram nove reforços trazidos em 2017 de um total de 61 contratados desde 2013 na atual gestão. A folha salarial já está em R$ 9 milhões, contra os R$ 11 milhões do Palmeiras. E o custo com os que chegaram esse ano ao Ninho do Urubu em R$ 40 milhões. O restante de um total de R$ 58 milhões será pago por jogadores contratados ano passado de forma parcelada.

— Os números de 2016 e os investimentos em 2017 demonstram que o trabalho de reestruturação vem sendo realizado com sucesso. A verdade é que não existe fórmula mágica, sorte ou milagre: tudo é decorrência de trabalho, investimentos em processos, criatividade na geração de novas receitas, governança e, logicamente, o apoio de 40 milhões de apaixonados — vibra o vice de fianças Cláudio Pracownick.

As contratações do Flas na Era Bandeira:

2013

12 atletas: Bruninho, André Santos, Carlos Eduardo, Marcelo Moreno, Diego Silva, Chicão, Val, Wallace, Gabriel, Paulinho, Elias e João Paulo

2014

13 atletas: Arthur, Anderson Pico, Erazo, Elano, Feijão, Alecsandro, Marcelo, Eduardo da Silva, Mugni, Márcio Araújo, Canteros, Léo e Everton

2015

16 atletas: Almir, Kayke, Thallyson, Cirino, Armero, Pará, Arthur Maia, Alan Patrick, Ederson, Ayrton, Bressan, Sheik, Guerrero, César Martins e Jonas

2016

11 atletas: Cuéllar, Mancuello, Leandro Damião, Rafael Vaz, Réver, Diego, Willian Arão, Muralha, Donatti, Rodinei e Juan

2017

9 atletas: Conca, Éverton Ribeiro, Berrio, Romulo, Diego Alves, Trauco, Renê, Rhodolfo e Geuvânio

Fonte: Com informações do Jornal Extra
logomarca do portal meionorte..com