Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Flamengo massacra Mogi e consolida liderança

Time carioca tem grande atuação de Rafael Hettsheimeir, que anotou 21 pontos; armador Yago distribuiu 11 assistências

Flamengo massacra Mogi  e consolida liderança
Franco Balbi, armador do Flamengo | Reprodução
Compartilhe

O duelo reúne muita história no basquete brasileiro, mas nesta segunda-feira não houve equilíbrio. O Flamengo massacrou o Mogi das Cruzes por 87 a 56, em jogo realizado no ginásio do Morumbi, em São Paulo, e alcançou sua 13ª vitória na atual temporada do NBB.

Com 27 pontos, o Rubro-Negro lidera o campeonato nacional, à frente do Minas Tênis Clube. Nesta segunda, o destaque foi o ala-pivô Rafael Hettsheimeir, com 21 pontos. Outras boas colaborações vieram de Léo Demétrio (18 pontos), Rafael Mineiro (12 pontos) e Yago (11 assistências). A equipe deve voltar a atuar pelo NBB apenas em fevereiro. Por Mogi, quem melhor se apresentou foi Fabricio, com 14 pontos. Informações do site GloboEsportes.com

Franco Balbi, armador do Flamengo

O jogo

O primeiro quarto foi marcado pelo equilíbrio. Mineiro e Hettsheimeir, com 7 e 6 pontos respectivamente, lideraram a ofensiva do Flamengo, que venceu a parcial por 17 a 15. O time carioca teve domínio no total de rebotes (16 x 13), e a vantagem no garrafão se provou importante nos dez primeiros minutos, que viram aproveitamentos ruins dos tiros do perímetro dos dois lados - o Flamengo teve 22,2% contra 33,3% de Mogi.

O Rubro-Negro iniciou o segundo período com quatro pontos rápidos, que aumentaram a vantagem para seis pontos (21 a 17). Mogi acertou apenas dois de dez arremessos tentados nos primeiros cinco minutos da parcial, e o Flamengo aproveitou para abrir ainda mais e estabelecer dez pontos de frente (29 a 19). Com uma bolaça de três pontos e subsequente lance livre convertido após sofrer falta, Chuzito colocou a dianteira em 14 (33 a 19).

Sem forças para reagir, Mogi ainda viu Balbi e Yago derrubarem arremessos certeiros de três pontos para o favorito e estender a liderança para 19 (39 a 20). No fim, a diferença ficou em 20: 47 a 27, com 12 pontos de Mineiro, 9 de Hettsheimeir e 8 de Balbi.

A defesa sufocante do Flamengo, que permitiu apenas 25% de aproveitamento nos tiros de quadra para Mogi no primeiro tempo, voltou a dominar o ataque adversário após o intervalo. O time do interior paulista levou mais de três minutos para conseguir marcar no terceiro quarto.

Qualquer tentativa de aproximação de Mogi era prontamente rebatida pelo Rubro-Negro. Ora com dois tiros consecutivos de três pontos de Léo Demétrio, ora com jogadas no garrafão com Hettsheimeir, a porta se fechava para qualquer reação. O Flamengo fechou a parcial com uma diferença ainda maior: 64 a 41.

Hettsheimeir começou o quarto período impiedoso, com duas bolas de três pontos seguidas que levaram o marcador a 70 a 43 para os cariocas. Com cinco minutos para o fim, o técnico Gustavo de Conti começou a pôr em quadra os reservas do Flamengo para poupar os titulares. E, sem deixar a dianteira cair, o time administrou o placar para conquistar a 13ª vitória na temporada do NBB.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar