Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Flamengo tem quarta melhor campanha de 1º turno

Aproveitamento rubro-negro de 73,7% dos pontos é muito bom.

Compartilhe

O Brasileirão de pontos corridos está na sua 17ª edição, e o Flamengo fechou no fim de semana a quarta melhor campanha de um líder de primeiro turno com aproveitamento de 73,7%. É certeza de título? A resposta é não, mas ajuda. Dos 16 melhores na metade do campeonato, 75% deles, ou 12, garantiram a taça ao fim da principal competição nacional. Entre as três campanhas melhores que a da equipe rubro-negra, o Corinthians em 2017 (82,5%) e o Cruzeiro em 2014 (75,4%) foram campeões, e apenas uma ficou sem título: o Atlético-MG de 2012 fechou o turno na primeira posição com 75,4% de aproveitamento, mas com vantagem de apenas um ponto para o Fluminense, que venceu aquela temporada.

Além do Galo, outros três vencedores de primeiro turno caíram de rendimento na segunda parte do Campeonato Brasileiro e viram a comemoração de algum rival no fim do ano. Em 2008, o São Paulo estava em quarto lugar e com oito pontos de desvantagem em relação ao Grêmio, melhor do turno. O Tricolor chegou a ficar 11 atrás do primeiro colocado, mas buscou o tri consecutivo com uma arrancada na reta final.

Em 2009, o Internacional tinha oito pontos de vantagem sobre o próprio Flamengo, que seria o campeão, mas era apenas o sétimo lugar na metade da competição. O Rubro-Negro também chegou a ficar 11 pontos atrás do líder e ocupar a 10ª posição no início do segundo turno. A última virada em que o melhor do turno perdeu o título foi no ano passado. Quando o São Paulo tinha - de novo - oito pontos de frente para o Palmeiras, que se encontrava em sexto, mas já mudou o panorama logo no início do returno e assumiu o primeiro lugar na 27ª rodada para não largar mais.

Avaí "condenado" ao descenso

Para analisar o Z-4 do Brasileirão, é preciso analisar apenas os campeonatos desde 2006 com a disputa em pontos corridos com 20 equipes. E, neste caso, a torcida do Avaí pode começar a se preparar para a Série B ou para um feito inédito. Todos os lanternas do primeiro turno terminaram rebaixados ao fim do Brasileirão em 13 temporadas. O próprio histórico do Leão da Ilha não contribui para dar mais esperança. Nas duas vezes em que ficou entre os quatro piores do turno - em 2001 e 2017 -, a equipe catarinense caiu para a Segundona.

Alberto Valentim é o técnico do Avaí no Brasileirão 2019 — Foto: OSVALDO LIMA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO .

Desde 2006, 67% ou 35 equipes que fecharam o turno na zona de rebaixamento acabaram rebaixadas ao fim do campeonato. O Cruzeiro, que se encontra na zona de perigo, terminou entre os quatro últimos do turno apenas uma vez - em 2016 - e se salvou ao longo do segundo turno. A Chapecoense, desde subiu para a elite, nunca havia terminado um turno entre os quatro piores. O CSA disputa a Série A pela primeira vez no atual formato de pontos corridos.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar