SEÇÕES

Flamengo vence o Vasco por 3 a 1 e se classifica para a final do Carioca

Atacante marca dois gols e dá uma assistência na vitória rubro-negra por 3 a 1. Cruz-Maltino diminui com Capasso

Pedro | Armando Paiva / LANCE!
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

O Flamengo está na decisão do Campeonato Carioca pela quinta vez consecutiva. Neste domingo, no Maracanã, o Rubro-Negro venceu o Vasco mais uma vez, dessa vez por 3 a 1 e agora pega o Fluminense na decisão, reeditando as últimas quatro finais estaduais.

Com a vantagem do empate, o Flamengo saiu na frente com Pedro, mas o Vasco empatou ainda no primeiro tempo com Capasso. No segundo tempo, o Cruz-Maltino até ensaiou uma virada, mas o Rubro-Negro soube matar o jogo. Pedro e Ayrton Lucas decretaram a vitória do time comandado por Vitor Pereira.

O Flamengo só volta a jogar no dia 2 de abril, primeiro jogo da decisão do Carioca. Já o Vasco terá um longo período de inatividade, tendo apenas o Campeonato Brasileiro pela frente. A estreia acontece no dia 16 de abril, contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte. 

Pedro marcou três gols nos dois jogos da semifinal contra o Vasco (Foto: Armando Paiva / LANCE!)

DIVINDADES EM AÇÃO

O jogo começou muito estudado, com os times sendo intensos em cada disputa de bola. Com as equipes bem postadas, estava na cara que a primeira chance viria em uma jogada de bola parada e foi assim que quase o Cruz-Maltino abriu o placar, coincidentemente no 10º minuto, momento em que o nome de Dinamite apareceu no telão do Maracanã. Puma recebeu livre na pequena área, chutou cruzado, mas Santos fez um milagre e evitou o gol vascaíno. 

Leia Mais

REI DO GOL

Se Santos garantiu atrás, a majestade fez na frente. Pedro, eleito o Rei da América, aproveitou a bola que sobrou na entrada da área e como um bom atacante, não desperdiçou a oportunidade e chutou. A bola desviou em Jair e matou o goleiro Léo Jardim. 

REDENÇÃO ARGENTINA?

Atrás no placar, o Vasco saiu mais para o jogo e conseguiu atacar mais o Flamengo, já que apenas a vitória interessava ao Cruz-Maltino. Com três zagueiros, o Rubro-Negro protegia bem a defesa, mas o time vascaíno já tinha assustado na bola parada e novamente o fez, só que dessa vez, Santos não salvou o Rubro-Negro. Após cobrança de Lucas Piton, Capasso testou bonito e empatou o jogo, se redimindo após a entregada no jogo passado. 

BLITZ VASCAÍNA

Precisando da vitória, o Vasco voltou com muito mais intensidade na marcação e antes dos 5 minutos já tinha chegado com perigo por duas vezes, ao roubar a bola no campo de ataque. A melhor chance foi com Pedro Raul, mas o atacante preferiu o drible. O lance fez a paciência de Barbieri acabar e Eguinaldo entrou na sequência. O Flamengo também mexeu após retornar com um soninho danado. Everton Ribeiro, Varela e Vidal em campo. O Rubro-Negro passou a jogar com apenas dois zagueiros. 

PRESSÃO DE UM LADO, CERA DO OUTRO

O Vasco seguiu melhor que o Flamengo, que até aquela altura só assustou uma vez, em cobrança de falta de Arrascaeta. O Cruz-Maltino circulou a bola no campo de ataque, mas sem ser efetivo. Eguinaldo até teve uma chance, mas cabeceou para fora. Sentindo o momento, o Rubro-Negro acabou esfriando o jogo e passou a jogar novamente com três zagueiros, após a entrada de Léo Pereira. Só que a saída de Arrascaeta, que gerou vaias da torcida, acabou dando certo. 

MOLE DUPLO

Recuado, o Flamengo passou a esperar o erro do Vasco e quis o destino que dois jogadores que estavam bem acabaram falhando no mesmo lance. Rodrigo perdeu a bola para Matheus França, que avançou em velocidade e sofreu pênalti de Capasso. Pedro cobrou e colocou o Rubro-Negro na frente, para delírio da nação presente no Maracanã. Ayrton Lucas ainda ampliou, após receber passe de Pedro, ganhar Capasso na corrida e tocar por cima do goleiro Léo Jardim. Flamengo classificado para a final do Carioca.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos