Flu segura pressão do Bahia mas não evita empate no fim do jogo

Flu sai na frente, mas não segura pressão do Bahia

O Bahia, empurrado pelos velozes Eduardo e Mendoza, começou com tudo. Quando errou, logo no início, o adversário aproveitou. Ex-Fluminense, o meia Vinicius vacilou na saída de bola, Lucas aproveitou e cruzou. Dourado desviou de letra, e Wellignton Silva abriu o placar para o Flu. Depois disso, o Tricolor de Aço mandou. Terminou o primeiro tempo com 68% de posse de bola e finalizou 11 vezes, nove a mais do que o Flu. Mendoza perdeu chance incrível, e Régis fez Júlio César salvar os cariocas com defesa de mão trocada.

 Flu segura pressão do Bahia mas não evita empate no fim do jogo
Flu segura pressão do Bahia mas não evita empate no fim do jogo


Com Rodrigão no lugar de Vinicius, voltou com a mesma postura, e o Fluminense novamente muito tímido. Wellington Silva até botou uma bola na trave, mas o trio, erradamente, assinalou impedimento. Quando os donos da casa pareciam cansados de tanto tentar, o meia João Paulo conseguiu o empate com um golaço. Recebeu de Régis e soltou o canudo de esquerda. Gustavo Scarpa, sumido durante a maior parte do jogo, resolveu acordar no fim e tentou finalizações de muito longe, dribles e passes em profundidade, mas não obteve sucesso.


Fonte: Com informações do Globo