Barça cobra indenização de R$ 31,5 mi de Neymar por ida ao PSG

O processo do Barça foi registrado no Tribunal da Espanha

O Barcelona acionou a Justiça Espanhola contra Neymar pedindo reparação financeira pela saída do atacante para o PSG. O valor exigido é de 8,5 milhões de euros (R$ 31,5 milhões), referente a uma das parcelas pagas pelo time catalão a Neymar pela renovação contratual efetuada no ano passado.

O processo do Barça foi registrado no Tribunal da Espanha em 11 de agosto e encaminhado nesta terça-feira à Federação Espanhola de Futebol, que retransmitirá à Fifa e à Federação Francesa.

Basicamente, o Barça entende que Neymar saiu de forma unilateral do clube rumo ao PSG e, por isso, exige o dinheiro de volta da primeira parcela da renovação acordada em outubro do ano passado, acrescido de juro.

Em nota oficial, o clube catalão quer que o PSG assuma o compromisso de quitar os 8,5 milhões de euros caso Neymar não pague o valor.

"O FC Barcelona promoveu essas ações em defesa de seus interesses, após uma rescisão unilateral do contrato por parte de Neymar Jr, alguns meses após a assinatura da sua renovação até 2021.  . Essa defesa será exercida seguindo os procedimentos estabelecidos ante órgãos competentes e sem entrar, em qualquer caso, em disputa verbal com o jogador", trouxe o comunicado.

Antes mesmo da oficialização da saída do jogador, o Barcelona já havia bloqueado o pagamento da segunda parcela da renovação do contrato de Neymar, (depositou em juízo). Agora, o time espanhol quer reaver a primeira parcela já paga ao atacante.

O estafe de Neymar contesta a posição do Barça, informando que a transação com o PSG foi em comum acordo com o Barcelona,  pois o clube catalão havia estipulado o valor para saída automática do atleta (mediante o pagamento da multa de 222 milhões de euros).

Os representantes do atacante afirmam que o valor da renovação com o Barça fazia parte do salário dele e alegam que o contrato não condicionava. ao cumprimento do compromisso até o final (2021), e sim ao primeiro ano do novo contrato.  

O estafe do atacante notificou o Barcelona para que o valor colocado em juízo pelo clube espanhol seja liberado.

 (Crédito:  Reuters)
(Crédito: Reuters)


Neymar criticou diretoria do Barça

No último domingo (20), após brilhar na vitória do PSG sobre o Toulouse por 6 a 2 pelo Campeonato Francês, Neymar teceu críticas à diretoria do Barcelona.  Disse lamentar a fase ruim de seu ex-clube e deixou no ar uma contrariedade em relação ao tratamento recebido em sua saída.

"Não tenho nada a dizer para a diretoria do Barcelona. Para mim... bom, na verdade tenho o que dizer: que estou muito triste com eles. Passei quatro anos lá e fui muito feliz. Comecei feliz, passei os quatro anos feliz e saí feliz, Mas não com eles. Para mim, eles não deveriam estar na diretoria do Barça. O Barça merece muito mais, e todo mundo sabe disso", disparou o jogador do PSG. 


Fonte: Uol
logomarca do portal meionorte..com