Cristiano Ronaldo repensa decisão de deixar Real Madrid, diz jornal

Ele teria ficado satisfeito com defesa feita pelo presidente

A decisão de deixar o Real Madrid começa a ser repensada por Cristiano Ronaldo. É o que informa o jornal espanhol "As" nesta quarta-feira. De acordo com a publicação, o craque português pode voltar atrás na resolução -- tomada por conta de problemas com o Fisco espanhol -- após ser defendido publicamente pelo presidente do clube de Madri, Florentino Pérez.

Na segunda-feira, após ser reeleito presidente do Real, Pérez declarou à rádio "Onda Cero" que Cristiano Ronaldo "não tentou fazer mal a ninguém", e que tinha razão de sentir-se "ferido". Pérez referia-se à denúncia de fraude fiscal contra Ronaldo, acusado de sonegar 14,7 milhões de euros (R$ 54,3 milhões) pelo Ministério Público espanhol.

- Cristiano não é um homem que vai atrás de dinheiro. Está ferido e pode ter razão, porque não tentou fazer mal a ninguém - afirmou Pérez.

As declarações do dirigente foram bem recebidas por Cristiano Ronaldo, segundo fontes ouvidas pelo jornal "As". O atacante considerou a defesa pública "muito positiva", e já admite nos círculos mais próximos que pode permanecer no Real, embora ainda queira conversar pessoalmente com Pérez após o fim da Copa das Confederações.

Pela competição, Portugal encara a Rússia ao meio-dia desta quarta-feira (horário de Brasília), em Moscou.

Image title

Fonte: Com informações do OGlobo
logomarca do portal meionorte..com