"Gato" da Copa São Paulo diz ter agido por conta própria

Heltton Rodrigues falou pela primeira vez sobre o caso

O garoto Heltton Matheus Cardoso Rodrigues afirmou que agiu sozinho ao falsificar documentos para adulterar sua idade nos registros da Federação Paulista de Futebol. O jogador, que usava o nome Brendon Matheus Lima dos Santos, foi o responsável pela eliminação do Paulista da Copa São Paulo, o clube estava classificado para a final do torneio.

Heltton tem 22 anos e usou os dados de Brendon, de 19 anos, em seus registros – Brendon seria parente de Heltton e está preso no Rio acusado de roubou e tráfico de drogas.

Zagueiro Heltton utilizou documentos de Brendon para adulterar idade (Crédito: Futura Press)
Zagueiro Heltton utilizou documentos de Brendon para adulterar idade (Crédito: Futura Press)

Em entrevista à Rádio Jovem Pan, Heltton disse ter feito tudo sozinho.

"Eu tramei tudo, não teve terceiros. Tudo o que aconteceu foi culpa minha" afirmou. Ele, porém, se contradisse quando perguntado como teve acesso aos documentos de Brendon.

"Não quero entrar nesses detalhes, não quero envolver terceiros" disse, antes de se corrigir: "Até porque não tem (terceiros). Eu tramei tudo, armei tudo" insistiu.

Heltton deverá agora firmar contrato com o Audax, clube que é presidido pelo ex-volante Vampeta, comentarista da rádio.O jogador se disse arrependido, mas se defendeu:

"Eu não sou bandido. Não fiz isso para prejudicar alguém, não passou por minha cabeça que faria isso e acabaria com o sonho de outras pessoas".

Heltton foi denunciado pelo Batatais, derrotado pelo Paulista na semifinal da competição. O Tribunal de Justiça Desportiva da FPF puniu o clube de Jundiaí com a exclusão do torneio. Na final, o Corinthians venceu o Batatais por 2 a 1.


Fonte: Com informações do GloboEsporte.com
logomarca do portal meionorte..com