Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Goleiro Bruno é sondado para jogar em time do Piauí

A informação ainda não foi confirmada pela presidência da SEP.

Compartilhe
Google Whatsapp

O ex-goleiro e capitão do Flamengo, Bruno Fernandes de Souza, foi cogitado para integrar a equipe da Sociedade Esportiva de Picos (SEP). As informações são do Portal Picos Mais.

Nesta quarta-feira (30), circulou nos bastidores esportivos do Piauí, a possibilidade do jogador vir para o estado assumir uma posição em um time do interior. Este time possivelmente seria o de Picos. Contudo, a informação ainda não foi confirmada pela presidência da SEP.

SUPOSTO ÁUDIO DO GOLEIRO

Um áudio, que possivelmente é do ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes, circula na internet e tem causado repercutido nos amantes do futebol piauiense. No áudio, ele diz conhecer o Piauí onde residiu quando jovem, cita interesse numa suposta proposta de trabalho e faz exigências como salário, moradia e deslocamento.

“A ideia é muito legal, a questão de venda de camisa, marketing, isso é bem bacana, eu também acredito que sairia bastante camisa, só que hoje eu não faço mais nada que eu vá tomar prejuízo”, diz o áudio.

Na gravação que circula na internet, é citado ainda questões relacionadas a críticas da imprensa. “Você me contrata e antes de chegar ai dá errado porque a mídia foi em cima e teve manifestação, ai eu fiquei no zero a zero, com a mão na frente e outra atrás e eu tendo que dá explicação para repórter e isso eu não quero, não quero que minha família sofra”.

Quanto a exigências, ele cita moradia com segurança e transporte com todas as despesas por conta do clube. “Me faça uma proposta onde entra a questão de salário, de moradia, se tratando de lugar longe não tenho como levar meu carro, vou precisar de um automóvel para me movimentar, ai vocês alugam, me dão esse carro, não sei, fica a critério de vocês. Eu vou ai e fico o tempo que tiver que ficar mas é tudo por conta do clube, tudo. Eu particularmente se for ficar, vou ficar em um hotel para ter questão de segurança e se vocês estiverem dispostos a pagar o preço eu quero trabalhar, meu negócio é esse, se tiver oportunidade eu quero é trabalhar”, finaliza o áudio.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar