mais

GP do Brasil poderá ser realizado em Interlagos

A categoria ficaria no circuito paulista pelo menos até a temporada de 2025

GP do Brasil poderá ser realizado em Interlagos
Largada do GP do Brasil de 2019, em Interlagos | Getty Images

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou em entrevista coletiva, na tarde desta quinta-feira, um acordo com a Fórmula 1 para a realização o GP do Brasil em Interlagos pelos próximos cinco anos. Com o novo vínculo, a categoria ficaria no circuito paulista pelo menos até a temporada de 2025. Informações do site GloboEsportes.com

Largada do GP do Brasil de 2019, em InterlagosLargada do GP do Brasil de 2019, em Interlagos

Apesar do anúncio, Doria deixou claro que o contrato ainda precisa ser assinado pela Liberty Media, detentora dos direitos comerciais da categoria, e pelo prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas.

- Eu tenho o orgulho de revelar, com o Bruno Covas, que estará aqui conosco em alguns minutos, que a Fórmula 1 acaba de renovar o seu contrato para a realização do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 até 2025. O autódromo de Interlagos foi confirmado como sede do GP do Brasil nos próximos cinco anos. O contrato será assinado entre o prefeito e a Liberty, detentora dos direitos da categoria. É uma grande vitória para o estado de SP, para a cidade e para o Brasil - anunciou Doria.

Houve tratativas com o Rio de Janeiro para a realização da etapa brasileira a partir de 2021. Porém, a cidade teria de construir um novo autódromo, e as obras no terreno cedido pelo Exército no bairro de Deodoro sequer começaram por falta de licença ambiental, o que impede o evento de ir para Rio.

A Fórmula 1 já havia divulgado na terça-feira um calendário provisório para a temporada 2021 com 23 corridas e a realização do Grande Prêmio do Brasil em Interlagos, dia 14 de novembro. No entanto, tanto no caso do Brasil como no do GP da Espanha, em Barcelona, a realização das etapas estava sujeita à assinatura de contrato com os promotores.

O contrato entre São Paulo e a Fórmula 1 terminaria neste ano. O GP do Brasil não será realizado em 2020 devido à pandemia de coronavírus, o que deixará o país sem uma corrida do calendário pela primeira vez desde a temporada de 1973.

Nos bastidores, a capital paulista ofereceu um valor menor do que o Rio de Janeiro para renovar o contrato e manter o GP do Brasil. A Liberty Media avançou nas negociações com a cidade fluminense, mas a impossibilidade de se construir um autódromo a tempo da corrida de 2021 devido à demora na emissão da licença ambiental, fez a F1 retomar as conversas com São Paulo.

Nos últimos anos, Interlagos passou por uma ampla reforma na torre de controle, prédio de boxes e paddock. Hoje, trata-se do único autódromo no país com graduação máxima da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e, portanto, capaz de receber corridas da Fórmula 1.

A Fórmula 1 não se posicionou sobre a renovação com São Paulo e a confirmação do GP do Brasil até 2025. Só deverá fazê-lo quando o contrato for efetivamente assinado. Em 2021, a prova em Interlagos está marcada para ser a antepenúltima do campeonato.


Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail