Grêmio joga mal e é derrotado pelo Caxias

O time de Renato teve poucas soluções

Em comparação com o que viria, o Grêmio até foi bem. Mas a etapa inicial mostrou um Caxias em alta rotação e mordendo na marcação. Toda esta intensidade complicou especialmente a transição do Tricolor para o ataque. O time de Renato teve poucas soluções, mas criou duas chances, com passes de Ramiro e finalizações erradas de Pedro Rocha. A equipe de Winck desperdiçou uma chance com Wagner, mas, antes de mais nada, viu que poderia surpreender.


Na etapa final, o Caxias conseguiu matar o jogo. Usou muito as bolas alçadas na área para assustar Grohe - antes do segundo gol de Gilmar, quase marcara com Edson Borges. Em jogada apelo alto, a bola tocou na mão de Kannemann dentro da área. Gilmar cobrou e abriu o placar. Depois, o centroavante aproveitou escanteio e fez o segundo. Bolaños entrou para melhorar a equipe aos 40 - o Tricolor inexistiu ofensivamente, talvez apenas com Everton saindo do banco e incomodando. E foi premiado com o gol aos 48 minutos, já quando nada mais era possível fazer. 

Fonte: Globo Esporte
logomarca do portal meionorte..com