Hamilton detona Vettel: 'Quer provar que é homem?

Duelo entre os dois pilotos quase vira briga de rua em corrida

Cavalheiresca no início da temporada, a disputa entre Sebastian Vettel e Lewis Hamilton virou briga de rua no GP do Azerbaijão, no domingo, dando pinta de que o restante da temporada será tensa entre os dois pilotos que brigam pelo título mundial.


"Se ele quer provar que é homem, deveria fazer isso fora do carro, cara a cara". A provocação foi lançada pelo britânico ao rival alemão, autor de uma manobra perigosa, durante a corrida.

Na oitava prova da temporada, nas ruas de Baku, a Mercedes de Hamilton e a Ferrari de Vettel fizeram uma declaração de guerra mútua, algo recorrente na história da F1.

Na 22ª volta de uma corrida interrompida três vezes pelo safety car, Hamilton freou de maneira brusca na curva 15. Vettel, logo atrás, não conseguiu evitar bater na traseira do líder, danificando ambos os carros.

Vettel, famoso por ser frio e calmo ao volante, ficou possesso com o ocorrido, emparelhou sua Ferrari com a Mercedes de Hamilton e jogou seu carro na lateral do rival, provocando um toque.

Após investigação, os comissários classificaram a manobra de "potencialmente perigosa". Veredito: um 'stop and go' nos boxes de 10 segundos para o alemão, o que, no fim, lhe custou a vitória em Baku.

"Se eu tenho que ser punido, então ele também tem que ser", criticou Vettel após a prova.

Fonte: iG