Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Hortência inaugura segunda turma do Hall da Fama

A solenidade de inauguração foi no CT do time Brasil

Hortência inaugura segunda turma do Hall da Fama
| Thierry Gozzer
Compartilhe
Google Whatsapp

Hortência Marcari, rainha do basquete feminino brasileiro com títulos de destaque na carreira como o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Havana 1991 e o título mundial na Austrália em 1994, entrou para o Hall da Fama do COB na manhã desta terça-feira. Hortência participou da comemoração do Dia Olímpico e foi homenageada no Centro de Treinamento do Time Brasil, no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. Informações do site Globoesportes.com

- É uma honra estar aqui recebendo esta homenagem. É muito bom ser um exemplo para essa criançada que está aqui hoje. É importante mostrar para elas que vale a pena se entregar, escolher o caminho do bem e tentar dar o melhor de si. Não é fácil o caminho, mas vale a pena - destacou Hortência.

O Hall da Fama foi idealizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro em 2018 para celebrar conquistas dos maiores atletas e treinadores do país. A ideia é homenagear anualmente dez grandes nomes que tenham contribuído para o esporte olímpico e que tenham promovido o Olimpismo e inspirado novas gerações.

Além de Hortência, a segunda turma de homenageados contará com Chiaki Ishii, primeiro medalhista olímpico do judô brasileiro, em Munique 1972; Paula, campeã mundial de basquete em 1994 e prata nas Olimpíadas de Atlanta 1996; Joaquim Cruz, campeão olímpico de atletismo nos 800m em Los Angeles 1984 e prata nas Olimpíadas de Seul 1988. Atletas falecidos também vão receber homenagens. Nomes como Guilherme Paraense, do tiro esportivo e primeiro medalhista de ouro do Brasil na história dos Jogos Olímpicos; João do Pulo, duas vezes medalhista de bronze no atletismo; Maria Lenk, primeira mulher sul-americana a disputar os Jogos Olímpicos, em Los Angels 1932; Sylvio Magalhães Padilha, primeiro sul-americano a disputar uma final olímpica no atletismo, em Berlim 1936; e os treinadores de vôlei Bernardinho, bicampeão olímpico; e José Roberto Guimarães, tricampeão olímpico.

O Dia Olímpico é celebrado no dia 23 de junho no Brasil e no mundo e tem como objetivo promover o Movimento Olímpico por diversos povos e culturas. Para comemorar a data, o COB organizou, na manhã desta terça, ações no Parque Aquático Maria Lenk. Cerca de 250 crianças de escolas municipais do Rio de Janeiro participaram de atividades como bate-papo com Yane Marques, bronze em Londres 2012, e o técnico da seleção feminina de basquete, José Neto.

- É muito bom ser referência para essas crianças. É importante estar perto delas para que percebam que também podem ter a oportunidade que eu tive de vivenciar o sonho olímpico. Eu acredito muito no esporte como objeto transformador - revelou Yane Marques.

Os alunos também participaram de oficinas esportivas de quatro modalidades: basquete 3x3, beisebol, karatê e vela. Os ex-atletas Almir Gerônimo, campeão brasileiro de basquete em 1994, e integrantes da seleção brasileira de karatê, como Isabela Rodrigues e Marina Oliva estiveram nas atividades com as crianças.




Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×