Ídolo do futebol nordestino, ex-jogador Miltinho é assassinado

Não há informações sobre o que motivou o crime

Bicampeão paraibano com as camisas de Sousa (2009) e Treze (2010), o ex-jogador de futebol José Milton Azevedo da Silva, de 39 anos, conhecido como Miltinho, foi morto a tiros na noite de sábado (14) em Fortaleza. O crime aconteceu em frente à casa onde ele morava, no bairro Jardim Guanabara. Miltinho chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu.

Meia rápido e habilidoso, Miltinho era um ídolo do futebol nordestino, tendo vestido as cores do Botafogo-PB, e Auto Esporte, Campinense, Nacional de Patos, Sousa, Esporte e Treze, todos time da Paraíba. Também atuou por Náutico, Santa Cruz, Flamengo do Piauí, Ypiranga-PE, Fortaleza, entre outros clubes.

Revelado pelo Náutico, Miltinho participou da histórica Batalha dos Aflitos, quando o time pernambucano e o Grêmio se digladiaram em novembro de 2005 por uma vaga na Série A do Campeonato Brasileiro do ano seguinte. Miltinho era reserva do Timbu, mas entrou em campo aos 19 minutos do segundo tempo e viu o Náutico cair diante do tricolor gaúcho.

Desde 2013 Miltinho estava aposentado e vivia em Fortaleza onde dava aula de futebol para crianças. Não há informações sobre o que motivou o crime.

Image title

Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com