mais

Jogador quebra protocolo do clube, é baleado em boate, mas está bem

Jogador garante que estava apenas dando carona para amigo e que se envolveu em briga por acaso

O jovem meia Henrique Lordelo, do Goiás, passou o maior susto. Ele levou dois tiros nas costas e na região das nádegas em uma briga em boate da cidade. Tudo aconteceu no sábado. O jogador, de 21 anos, diz que não se envolveu na confusão, e que está bem e procurou tranquilizar os fãs e a família.

Henrique não deveria ter aparecido em local público. O jogador quebrou o protocolo de segurança contra a covid-19 imposto pelo clube

Segundo o jogador, ele estava dando carona a um amigo até a casa noturna, quando acabaram presenciando toda a briga. Tentando ajudar a contornar a situação, eles terminaram se envolvendo na confusão.

Image captionImage caption

Disparos de arma

 Eles foram perseguidos por um homem e ele deu seis disparos em direção ao veículo no qual estavam.

"Tenho de me desculpar junto ao Goiás Esporte Clube por não ter cumprido o protocolo de isolamento contra a covid-19. Peço desculpas também a todos aqueles que perderam entes queridos nesta pandemia e que, de alguma forma, se sentiram ofendidos com meu ato."

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail