Juan Isquerdo ganha única prata do judô brasileiro na Polônia

Ainda neste domingo, quatro brasileiros foram até a segunda rodada

Com uma equipe jovem, formada por judocas entre 21 e 23 anos, o Brasil conquistou só uma medalha no Aberto Europeu de Katowice, disputado na Polônia. Neste domingo (5/3), o único brasileiro a subir ao pódio foi Juan Isquerdo, com a prata na categoria pesado (+100kg).

Image title

Durante a caminhada para a final inédita, o judoca de 23 anos, que disputou apenas seu terceiro evento no Circuito Mundial, venceu Lazar Dakovic, de Montenegro, Andrii Kolesnyk, da Ucrânia, Adil Orazbayev, do Casaquistão, e Nodar Machutadze, também da Ucrânia. Na decisão, levou um ippon de Maciej Sarnacki, da Polônia, 31.º do ranking mundial.

Ainda neste domingo, quatro brasileiros foram até a segunda rodada de suas chaves. Rafael Macedo (81kg), campeão mundial júnior em 2014, perdeu para Sami Chouchi, da Bélgica. Leonardo Gonçalves (100kg), prata no Mundial Júnior de 2015, teve como algoz Jakub Wojcik, da Polônia.

Gustavo Assis (90kg) caiu diante do casaque Aibol Aitbek, enquanto Eduardo Yudi (81kg) foi superado por outro atleta do Casaquistão: Didar Khamza. Eduardo vinha de ouro em Roma (Itália), na semana passada, já ocupando o 34.º lugar do ranking mundial. No sábado, Lincoln Neves, da categoria até 73kg, perdeu logo na estreia, para Or Hasan, de Israel.

Neste fim de semana, o Circuito Mundial de Judô teve etapas de Abertos Europeus em Katowice, só para os homens, e em Praga, só para as mulheres. Na República Checa, a competição aconteceu toda no sábado e as brasileiras ganharam três medalhas. Jessica Pereira, de 22 anos, foi ouro na categoria até 52kg, enquanto Samanta Soares, de 23 anos, ganhou a categoria até 78kg. Bronze no Mundial Cadete de 2015, Beatriz Souza, de apenas 18 anos, foi prata no peso pesado.

Ainad no sábado, Melina Scárdua (até 78kg), Camila Yamakawa (+78kg) e Stefannie Koyama (até 48kg) perderam na estreia. Sarah Nascimento (até 70kg) e Gilmara Prudêncio (até 57kg) caíram na segunda rodada. Com exceção de Sarah e Beatriz, as demais se destacaram na seletiva que formou a seleção brasileira em janeiro e agora fazem parte da equipe.

Fonte: Com informações do Metropoles
logomarca do portal meionorte..com