Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Luxemburgo vive dilema em escalação do time titular do Vasco

Cruzmaltino vive escassez de vitórias no Brasileiro

Compartilhe
Google Whatsapp

A chegada de Fredy Guarín trouxe felicidade e empolgação aos torcedores do Vasco. Provavelmente o meio-campo mais técnico entre as alternativas do elenco, ele, no entanto, se tornou em verdadeiro dilema para o técnico Vanderlei Luxemburgo. Apesar da qualidade, já demonstrada nas poucas partidas que teve com a camisa Cruz-Maltina, a falta de ritmo de jogo representa também uma queda no andamento do time. O contrato dele é só até o final do ano. Com informações do O Dia. 

No clássico com o Fluminense, Guarín fez o terceiro jogo como titular. Mesmo com boas finalizações e jogadas de qualidade pela visão de jogo, ele enfraqueceu novamente a marcação da equipe. Consequentemente, o time tem menos posse de bola e dificuldades para manter o estilo de jogo projetado por Luxemburgo: de roubar a bola, apostar na marcação forte e armar contra-ataques para que os homens de frente possam colocar a "correria" em prática.

Luxemburgo -

Na última rodada, no Maracanã, Guarín começou como meia mais avançado, à frente da linha de volantes. Com um Fluminense que preza pela posse de bola e cria muito, dar combate aos rivais era essencial. E isso não aconteceu. Mesmo "mais solto", como pontuou Luxa após a partida, o volante também não deu a criação à equipe, que viu o Tricolor dominar as ações do confronto. O desafio é encontrar a posição ideal para o meio-campista sem comprometer o rendimento do restante.

"Hoje o Guarín ficou solto, aí o Bruno (Gomes) tomou cartão e eu inverti o triângulo do meio-campo. A substituição foi porque eu preferi voltar com o nosso meio-campo, acho que eu me equivoquei hoje. Talvez na posição do Guarín. Talvez, não devesse nem ter começado com ele, vou conversar com ele até. É um grande jogador. Para o próximo jogo, com certeza vai estar melhor do que hoje", analisou o treinador.

Fredy Guarín estava sem jogar desde julho, quando deixou o Shanghai Shenhua, da China. Até o momento, foram cinco jogos disputados pelo Vasco, domando 230 minutos jogados, e um gol, na derrota por 3 a 1 para o Grêmio, em São Januário. Na próxima rodada, o colombiano terá mais uma chance de mostrar seu valor contra o Palmeiras, em casa, na quarta-feira, às 21h30.


Siga nosso canal no telegram
Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto