Mercedes exalta sétimo lugar de Hamilton após classificação ruim

O piloto conseguiu se superar, e terminou em sétimo

O fim de semana em Mônaco é para ser esquecido por Lewis Hamilton. Apesar de liderar o primeiro treino livre, o tricampeão não teve o desempenho esperado em sua Mercedes. No treino classificatório, o britânico não chegou ao Q3, e teve que se contentar com o 14º lugar. Na corrida, porém, o piloto conseguiu se superar, e terminou em sétimo, o que lhe rendeu elogios.


"Foi o que nós calculamos como sendo um ótimo resultado, sem incidentes, e foi onde ele chegou. Nosso carro não foi rápido o suficiente neste fim de semana", declarou o chefe da Mercedes, Toto Wolff.

O próprio Hamilton exaltou a chance de conquistar pontos em Mônaco, seis no total, e chamou a atenção para seu ponto preferido da corrida. Após a prova, Lewis viu Sebastian Vettel aumentar a vantagem no Mundial: 129 a 104 para tetracampeão da Ferrari.

"Estava me sentindo terrível. Para sair com os pontos, tive que me superar, então posso levar isso com felicidade e seguir em frente. Eu não poderia ter vencido, é meio chato no começo e no final quando você não consegue ultrapassar, mas gostei da parte intermediária, quando estava no ar puro", disse Lewis.


Fonte: Terra